Reflexao do Dia: Na vida de fe temos que conjugar a emocao, o coracao e a razao

1002-w

Meu amigo(a), na mensagem de hoje, nao quero falar muito, mas te ajudar a pensar. Quero que os catolicos, meus leitores, aprendam a entender o texto biblico, sem cair nos exageros e erros do fundadores de religiao. A Igreja Catolica, portato os catolicos, teem o dever de conhecer a Palavra de Deus, sem maquiagem. Entao quero que voce leia este texto do Evangelho de Sao Lucas e, tente entender a “moral da historia” ou da parabola que Jesus conta ao doutor da Lei. Voce pode comentar a sua conclusao no nosso blog e, depois, eu farei uma sintese e, assim, estaremos estudando a Palavra de Deus, juntos, apesar da distancia.

“Levantou-se um doutor da lei e, para pô-lo à prova, perguntou: Mestre, que devo fazer para possuir a vida eterna? Disse-lhe Jesus: Que está escrito na lei? Como é que lês? Respondeu ele: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu pensamento (Dt 6,5); e a teu próximo como a ti mesmo (Lv 19,18). Falou-lhe Jesus: Respondeste bem; faze isto e viverás. Mas ele, querendo justificar-se, perguntou a Jesus: E quem é o meu próximo? Jesus então contou: Um homem descia de Jerusalém a Jericó, e caiu nas mãos de ladrões, que o despojaram; e depois de o terem maltratado com muitos ferimentos, retiraram-se, deixando-o meio morto. Por acaso desceu pelo mesmo caminho um sacerdote, viu-o e passou adiante. Igualmente um levita, chegando àquele lugar, viu-o e passou também adiante. Mas um samaritano que viajava, chegando àquele lugar, viu-o e moveu-se de compaixão. Aproximando-se, atou-lhe as feridas, deitando nelas azeite e vinho; colocou-o sobre a sua própria montaria e levou-o a uma hospedaria e tratou dele. No dia seguinte, tirou dois denários e deu-os ao hospedeiro, dizendo-lhe: Trata dele e, quanto gastares a mais, na volta to pagarei. Qual destes três parece ter sido o próximo daquele que caiu nas mãos dos ladrões? Respondeu o doutor: Aquele que usou de misericórdia para com ele. Então Jesus lhe disse: Vai, e faze tu o mesmo.” (Cf. Sao Lucas 10, 25-37)

Tente responder: O que quer dizer esta mensagem de Jesus pra voce? O que voce entendeu dessa passagem?

Uma resposta to “Reflexao do Dia: Na vida de fe temos que conjugar a emocao, o coracao e a razao”

  1. Márcia Maria das Graças Gonçalves de Morais Alvim Says:

    Padre,você nos valoriza e aumenta nossa responsabilidade! Vamos lá,eu gosto de meditar a Palavra… Ao longo de nossa vida podemos escolher:caminhar ou não com Jesus! Nossa vida vai depender dessa escolha. Essa parábola do samaritano misericordioso,marcada pela viagem e pela idéia de caminho,pode ser uma metáfora da longa viagem de Jesus. Ele é o samaritano misericordioso que se compadece dos excluídos,sob os olhos indiferentes ou críticos do poder religioso que especula e teoriza sobre religião. Hoje,como naquela época,vimos aqueles que querem seguir Jesus “ao pé da letra na Palavra”.Isto não é seguir Jesus… pois o especialista em leis é alguém que não pretende caminhar.A lei é dura,inflexível. Quem pensa em somente seguir a lei,tem medo de se por a caminho.Sabe que caminhar implica em se deparar com situações como a do samaritano. Ele conhece a lei,mas é incapaz de caminhar pois é caminhando que encontramos o nosso próximo ou nos tornamos próximo de alguém… Esse caminho pode ser cheio de surpresas,pois pode ser que o nosso próximo seja até um inimigo ou alguém que nos desagrade momentaneamente… Pensando bem,descem pelo mesmo caminho dois homens ligados à religião e ao Templo. Deviam estar vindo de algum encontro com Deus na liturgia do Templo em Jerusalém… e nem se tocaram… Fico imaginando a cara do judeu sabendo que se salvou devido à compaixão de um samaritano..
    “Quem é o meu próximo?”,perguntava o especialista em leis,frio e calculista,como se devéssemos esperar que o nosso próximo passasse à nossa frente e nos avisasse. Aí Jesus manda fazer o mesmo! Manda fazer como o samaritano que se pôs a caminho para,nas surpresas sofridas da caminhada,encontrar o próximo,e servindo-o,encontrar Deus e prestar-lhe o verdadeiro culto. Precisamos ter entranhas de misericórdia,assim estaremos bem próximos de nossa libertação e ressurreição! Como diz na música do Dunga: “vai caminhar,na estrada eu vou te curar.A cada passo junto a mim,verás que não chegou o fim.E nada vai poder te deter se começar a crer,se gritar por compaixão,os meus braços te sustentarão”! Conclusão: Queremos tanto ser ANJOS,que nos esquecemos de ser simplesmente BONS! Abraços com carinho,Márcia

Deixe uma resposta para Márcia Maria das Graças Gonçalves de Morais Alvim Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: