Edir Macedo promotor de genocidio intra-uterino

Edir Macedo e o aborto

27/10/2009 por Everth Queiroz Oliveira

https://i1.wp.com/www.notapositiva.com/trab_estudantes/trab_estudantes/filosofia/filosofia_trabalhos/aborto01.jpg

“Sou favorável à descriminalização do aborto por muitas razões. (…) Muitas mulheres têm perdido a vida em clínicas de fundo de quintal. Se o aborto fosse legalizado, elas não correriam risco de morte.

 O que é menos doloroso: aborto ou ter crianças vivendo como camundongos nos lixões de nossas cidades, sem infância, sem saúde, sem escola, sem alimentação e sem qualquer perspectiva de um futuro melhor? E o que dizer das comissionadas pelos traficantes de drogas? A quem interessa uma multidão de crianças sem pais, sem amor e sem ninguém? O que os que são contra o aborto têm feito pelas crianças abandonadas? 

Por que a resistência ao planejamento familiar? Acredito, sim, que o aborto diminuiria em muito a violência no Brasil, haja vista não haver uma política séria voltada para a criançada.” 

Edir Macedo:  Entrevista à Folha de SP

Comentario da Entrevista de Edir macedo

A igreja Universal do Reino de Deus sempre declarou a sua posição sobre o aborto. Favorável – pasmem! -. E como Edir Macedo consegue argumentar em defesa dessa abominação? Utilizando a Bíblia coerentemente? Não! Verificando a tradição cristã? Também não, porque se tivesse a curiosidade de examinar a Teologia Cristã e as Sagradas Escrituras, veria que é crime matar crianças inocentes nos ventres de suas mães; veria que, muito embora ele considere o embrião humano um simples ‘amontoado’ de células, Deus o defende desde o momento em que é concebido: “Antes que no seio fosses formado, eu já te conhecia; antes de teu nascimento, eu já te havia consagrado” (Jr 1, 5).

 Edir Macedo, como religioso cristão, deveria ser coerente com a fé que diz professar. Mas não é de se admirar que a mesma corrupção que envolvem essas seitas ambiciosas é a mesma que financia e encoraja um ato tão medíocre e covarde como o aborto. Talvez o “bispo” da IURD não saiba, mas o primeiro direito que a Constituição garante às pessoas, acima de qualquer outro, é o direito à vida. Talvez Macedo não saiba, mas não é possível de modo algum legitimar o assassinato de um inocente.

Mas vamos aos fúteis argumentos do pastor da igreja Universal: primeiro ele começa defendendo os supostos direitos da mulher. Esquece-se que o bebê é um ser independente da mulher e que, ao defender esses direitos femininos ele defende o assassinato de outro ser, que é a criança. Além disso, a solução para o problema da falta de qualidade do atendimento que é prestado às gestantes não é assassinar as crianças que estão nas suas barrigas! Donde se tirou tamanha aberração? É lícito – pergunto – buscar um fim ilícito praticando um ato tão cruel como o aborto? Definitivamente não.

Contudo o pastor da Universal insiste na sua desqualificada teoria, afirmando que é melhor uma pessoa morrer logo do que padecer de fome e dos sofrimentos desse mundo. Sim, Edir diz isso porque não foi ele abortado na barriga da sua mãe. Diz isso porque não foi ele vítima desse holocausto silencioso que se estende por todo o mundo… Padecer de sofrimento e de miséria é calamitoso? Sem dúvida nenhuma, mas antes de dignidade, todos têm direito à vida.

 Para solucionar os problemas que o Edir Macedo citou na sua entrevista à Folha não devemos matar as crianças; devemos, por outro lado, estabelecer um planejamento familiar eficiente, que seja capaz de atender às necessidades da mulheres grávidas, prestando assistência, assim, não somente à gestante, mas também ao embrião que está no seu ventre.

Bem que o papa deixou claro que só a Igreja pode interpretar autenticamente as Sagradas Escrituras. Quando tentam desobedecer essa instrução da Santa Sé vemos essas idéias teologicamente desastrosas. Mas, rezemos para que o Espírito Santo de Deus ajude Edir Macedo a enxergar o quão abominável é o crime do aborto, “o maior inimigo da paz” nos nossos dias.

Graça e paz.

Anúncios

2 Respostas to “Edir Macedo promotor de genocidio intra-uterino”

  1. valdiceia Says:

    Este homem é louco, inconsequente!Pobres daqueles que seguem este homem e sua religião de morte.Definitivamente não é em nome de Deus que ele fala, pois o Senhor quer que tenhamos Vida, e a tenhamos em abundância, e se não é em nome de Deus que ele fala, em nome de quem será?
    Pensemos nisto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: