Reflexao do Dia:Diabos a postos o fim do mundo se aproxima!

Há poucos meses, Satanás decidiu convocar uma Assembleia Geral de todos os de-mônios do Planeta, coisa que há muito tempo não precisava fazer. O motivo que o levou a tão importante decisão foi a notícia que o mundo vai terminar no dia 21 de dezembro de 2012. Se o tempo ficou curto, importa agir rapidamente, e com todas as forças, para con-quistar o maior número possível de almas antes da fatídica data. A última partida entre o céu e o inferno não pode ser perdida!

No dia e na hora marcados, uma multidão incalculável de diabos desceu por todos os vulcões e se posicionou ao longo das comportas do magma, nas camadas mais profundas da terra. Após impor silêncio e ordem na bagunça que se estabelecera, Lúcifer abriu a sessão com estas palavras: «O mundo vai acabar em breve! Precisamos aproveitar dos dias que nos restam para levar muita gente a abraçar o nosso estilo de vida. Mas, já que o tempo é curto, preocupem-se apenas com as pessoas que ainda acreditam num mundo melhor. Não se importem com aquelas que já entregaram os pontos. Deixem de lado as que nos perten-cem por terem optado por tudo aquilo que é a nossa alegria, os sete vícios capitais: o or-gulho, a avareza, a inveja, a raiva, a luxúria, a gula e a preguiça.

Quanto aos cristãos, não os impeçam de frequentar suas igrejas, já que a maioria as procura apenas para se sentir em paz com suas consciências adormecidas e desorientadas. O importante é que não se sintam Igreja nem se comprometam com ela. Nem os impeçam de ler a Bíblia, pois, para eles, é apenas um livro mais ou menos sagrado, e não um encon-tro com o Deus em quem dizem acreditar. Aliás, não se pode esquecer que é graças a ela que criamos a maior divisão religiosa do mundo.

Para a Bíblia, o homem foi criado à imagem e semelhança de Deus, que dizem ser amor. Eis, então, o nosso trabalho: transformar os homens à nossa imagem e semelhança, para que se esqueçam, se menosprezem e se odeiem mutuamente. É o único jeito para afas-tá-los de Deus. Para tanto, mantenham suas mentes ocupadas e atraídas por toda a espécie de intrigas e besteiras. Façam com que nunca se sintam satisfeitos com nada. Persuadam-nos a colocar suas esperanças nos bens materiais, para que mantenham seus estilos de vida fúteis e vazios.

Um ponto fundamental para a nossa grande vitória final é a destruição da família. No dia em que isso acontecer, o mundo estará em nossas mãos! Criem situações que impeçam os pais de ter tempo para si e para seus filhos. Bombardeiem suas mentes com todo tipo de dúvidas e novidades, para que se sintam desiludidos e perdidos, sem luzes e forças para viver o que assumiram no casamento. Convençam-nos que o amor é livre e que o casamento eterno é uma loucura. Martelem seus ouvidos insistindo que todos têm direito à felicidade, e sua fonte é o prazer e a sensualidade.

Lembrem-lhes que as trevas da Idade Média acabaram e que o homem moderno pre-cisa evoluir, libertando-se das garras da religião. Expliquem que ciência e fé se opõem mutuamente e jamais poderão andar juntas. Enquanto a ciência abre campos infinitos para a realização humana, a religião infantiliza e oprime.

Da mesma forma, façam-nos entender que o Estado é laico e que, por isso, não pode ser governado por princípios éticos e morais próprios de uma religião ultrapassada. É por isso que o homossexualismo, o matrimônio gay e o aborto devem ser vistos como grandes conquistas da modernidade.

Outro ponto que jamais pode ser menosprezado é a nossa presença nos meios de co-municação social. Se soubermos agir, faremos deles os nossos melhores aliados. Através deles, o nosso poder se multiplica ao infinito. É graças a alguns de seus programas que a nossa influência na sociedade atual cresceu como jamais antes acontecera e o inferno está lotado. Por isso mesmo, levantemos todo tipo de obstáculos a qualquer tipo de mídia alter-nativa.

Como conselho final – e é o mais importante – recorram a todos os artifícios para que ninguém se preocupe conosco. Espalhem aos quatro cantos do mundo que não existimos e que o inferno é uma balela inventada pelos padres para melhor dominar seus fiéis.

Lembrem-se: o tempo é curto. O fim do mundo está às portas! Mas, se fizerem tudo isso, a nossa vitória é certa! Está encerrada a sessão! Bom trabalho a todos!»

Dom Redovino Rizzardo, cs

Fonte: CNBB

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: