Reflexao do Dia: Orar costuma fazer bem

13. Nesse mesmo dia, dois discípulos caminhavam para uma aldeia chamada Emaús, distante de Jerusalém sessenta estádios.  
14. Iam falando um com o outro de tudo o que se tinha passado.  
15. Enquanto iam conversando e discorrendo entre si, o mesmo Jesus aproximou-se deles e caminhava com eles.  
16. Mas os olhos estavam-lhes como que vendados e não o reconheceram.  
17. Perguntou-lhes, então: De que estais falando pelo caminho, e por que estais tristes?  
18. Um deles, chamado Cléofas, respondeu-lhe: És tu acaso o único forasteiro em Jerusalém que não sabe o que nela aconteceu estes dias?  
19. Perguntou-lhes ele: Que foi? Disseram: A respeito de Jesus de Nazaré… Era um profeta poderoso em obras e palavras, diante de Deus e de todo o povo.  
20. Os nossos sumos sacerdotes e os nossos magistrados o entregaram para ser condenado à morte e o crucificaram.  
21. Nós esperávamos que fosse ele quem havia de restaurar Israel e agora, além de tudo isto, é hoje o terceiro dia que essas coisas sucederam.  
22. É verdade que algumas mulheres dentre nós nos alarmaram. Elas foram ao sepulcro, antes do nascer do sol;  
23. e não tendo achado o seu corpo, voltaram, dizendo que tiveram uma visão de anjos, os quais asseguravam que está vivo.  
24. Alguns dos nossos foram ao sepulcro e acharam assim como as mulheres tinham dito, mas a ele mesmo não viram.  
25. Jesus lhes disse: Ó gente sem inteligência! Como sois tardos de coração para crerdes em tudo o que anunciaram os profetas!  
26. Porventura não era necessário que Cristo sofresse essas coisas e assim entrasse na sua glória?  
27. E começando por Moisés, percorrendo todos os profetas, explicava-lhes o que dele se achava dito em todas as Escrituras.  
28. Aproximaram-se da aldeia para onde iam e ele fez como se quisesse passar adiante.  
29. Mas eles forçaram-no a parar: Fica conosco, já é tarde e já declina o dia. Entrou então com eles.  
30. Aconteceu que, estando sentado conjuntamente à mesa, ele tomou o pão, abençoou-o, partiu-o e serviu-lho.  
31. Então se lhes abriram os olhos e o reconheceram… mas ele desapareceu.  
32. Diziam então um para o outro: Não se nos abrasava o coração, quando ele nos falava pelo caminho e nos explicava as Escrituras?  
33. Levantaram-se na mesma hora e voltaram a Jerusalém. Aí acharam reunidos os Onze e os que com eles estavam.  
34. Todos diziam: O Senhor ressuscitou verdadeiramente e apareceu a Simão.
Anúncios

2 Respostas to “Reflexao do Dia: Orar costuma fazer bem”

  1. Marta Aparecida da Silva Cunha Says:

    sempre estamos a caminho, mas muitas vezes estamos cegos pelo nosso egoismo, nossas dores, nosso orgulho, mesmo quando nosso coração arde não olhamos par quem está ao nosso lado. Os discipulos de emaús representa todos nós, que só reconhecemos nossos dons quando o próprio Cristo reparte o pão em nosso coração.

  2. brantonio Says:

    Verdade isso mesmo! E preciso abrir os ohos da alma!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: