Archive for junho \17\UTC 2010

Reflexao do Dia: Sinal de Deus

junho 17, 2010

Uma foto incrível tornou-se uma mensagem de fé na Espanha. Ela foi tirada no batismo de Valentino Mora, filho de Erica, uma mãe solteira de 21 anos, que pediu à fotógrafa que tirasse de graça a foto de seu filho.

A foto do batismo de Valentino Mora está varrendo a internet, porque na hora em que o padre derrama a água benta sobre sua cabeça, a água escorre no formato de um terço (veja a foto acima).

Esta história começou na Paróquia de Nossa Senhora de Assunção em Cordova, Espanha, onde o batismo do bebê de 1 mês aconteceu. Na hora em que Valentino foi à pia batismal para o sacramento do batismo, Erica pediu à fotógrafa Maria Silvana Salles, contratada por outros pais que estavam batizando seus bebês, que tirasse a foto de seu filho como um favor, já que a jovem mãe não tinha como pagar por ela. A fotógrafa, tocada pelo pedido de Erica, concordou em tirar a foto de Valentino.

Maria Silvana trabalha com câmera tradicional e teve que enviar o filme para ser revelado numa loja em Cordova. Quando ela recebeu as fotos, notou com surpresa que a água derramada da cabeça de Valentino era um terço perfeito.

A foto do batismo de Valentino fez nascer a fé no povo de Cordova, que vai até a humilde casa de Erica e Valentino para tocá-lo.
A verdade é que este sinal de fé mobilizou esta cidade em Cordova, cujos vizinhos vão à loja de Maria Silvana comprar a foto como se fosse um santinho.

Anúncios

Entrevista com Frei Betto

junho 17, 2010
Entrevista com Frei Betto

Frei Betto lutou, foi preso, rezou em passeatas e chegou ao poder com o Lula em Brasília. Agora , ele se define como um “feliz indivíduo não governamental”. Depois de correr o mundo, está de volta para onde tudo começou. Vive no convento dos frades dominicanos, uma construção moderna, em Perdizes. De lá, reflete sobre sua trajetória, os caminhos e descaminhos do PT que ajudou a construir. Sem deixar de ser crítico, fala sobre avanços do governo Lula: “Hoje não há uma pessoa que diga que o PT se destaca pela sua integridade”. Sobre a indicação de Dilma Rousseff para disputar a sucessão de Lula, diz que se não fosse o mensalão o candidato certamente seria outro. Frei Betto gosta de temperos fortes. Também é assim quando cozinha para os amigos. Faz “bacalhau espiritual” à base de muito leite de coco.

Diz que continua amigo de Lula e de Fidel Castro, a quem visitou recentemente. Ele acaba de concluir seu 53º livro, mas que, por superstição, não revela o tema. Conselhos que recebeu de uma mãe de santo quando escrevia Batismo de Sangue, em 1982, sobre sua experiência durante a resistência à ditadura militar.

Eis a entrevista.

. O que mudou para que o Brasil viesse a ter uma candidata oriunda da esquerda armada?

É fantástico que, enquanto os torturadores se escondem envergonhados e não conseguem nem votos de seus companheiros de farda, uma pessoa como a Dilma seja hoje a candidata preferencial à Presidência. Acho que ela está preparada, conhece profundamente a administração pública e foi ótima ministra.

. Lula fez uma boa escolha?

Lula fez a escolha possível porque as outras se queimaram. Dilma é candidata por falta de opção.

. Se não fosse o caso mensalão quem seria o candidato? José Dirceu teria chance?

Só Lula pode responder, mas, na minha opinião, certamente não seria a Dilma.

. O PT é um antes do mensalão e outro depois?

Sem dúvida alguma. O PT tinha dois trunfos simbólicos para garantir a sua credibilidade: ser o partido dos mais pobres e da defesa da ética. De certa maneira, ele ainda é o partido dos desfavorecidos. O apoio popular do presidente Lula vem das políticas sociais que governo desenvolveu. Entretanto, não há hoje ninguém que diga que o PT se destaca por sua integridade.

. O caráter da militância mudou?

Com certeza. Nas eleições dos anos 80 e 90 existiam militantes que voluntariamente se dedicavam a fazer panfletagem, que davam o sangue nas campanhas. Hoje os cabos eleitorais do PT são pagos. Isso é triste.

. Por que o governo Lula não deu continuidade ao Fome Zero?

Porque quem controlava o cadastro eram representantes eleitos em assembleias populares. Isso provocou gritaria dos prefeitos, pois o dinheiro não passava por eles. Saía da Caixa Econômica direto para as famílias beneficiadas. Os prefeitos ameaçaram sabotar e o governo federal decidiu erradicar os comitês gestores formados em mais de 2 mil municípios. O governo deu aos prefeitos o controle do cadastro, permitindo que famílias fossem incluídas ou retiradas do programa, estimulando a corrupção. Isso criou uma relação de clientelismo político no País.

. Por que deixou o governo?

Descobri que não era minha vocação. Fui convocado para fazer o Fome Zero que tinha um caráter emancipatório. O governo matou o programa e o substituiu pelo Bolsa Família, que é usado como cacife eleitoral. Até agora nenhum gênio achou a porta de saída.

. Você guarda mágoas?

Não, ao contrário. Minha experiência no governo expus em dois livros: A Mosca Azul e Calendário do Poder. Tenho bons amigos lá e espero que tudo tenha continuidade. Queria voltar a escrever, pois é minha verdadeira vocação.

. Quais são os problemas do governo Lula na sua opinião?

O governo Lula, apesar de muitos méritos, ainda deve à Nação reformas básicas, como a agrária, tributária, política, da saúde e da educação. O principal defeito do governo atual é não ter mexido na estrutura.

. O presidente Lula o consulta?

Não, o presidente é meu amigo. Nunca fui consultor, guru. Isso que falam é bobagem.

. Tem falado com Fidel Castro?

Tenho. Quando vou a Cuba, ele me recebe na casa dele. A última vez foi no dia 3 de março, quando fui comemorar os 25 anos do livro Fidel e a Religião.

. Acredita em abertura do governo de Cuba com Raúl Castro?

Raúl está empenhado em reduzir o paternalismo estatal e permitir o aumento dos salários. Mas o retorno do capitalismo está fora de cogitação.

. O que acha do Lula intermediar acordo para que o Irã desenvolva seu programa nuclear?

Lula é um grande negociador. Ele provoca enorme ciumeira no cenário internacional porque não precisa pedir licença a ninguém para desempenhar seu papel de agenciador da paz.

. Não importam os argumentos de que o Irã tem um governo teocrático e de que não respeita os direitos humanos?

Mas os EUA também não respeitam. Quem deu a eles o direito de ocupar o Vietnã, de matar mais de 600 mil civis no Iraque e outros tantos no Afeganistão? Que moral têm para falar de um país como Irã?

. É possível, então, ignorar a falta de liberdade de expressão e a pena de morte?

E nos EUA não tem?

. É legítimo se os dois países se comportam da mesma forma?

Nós queremos a paz no mundo e não haverá paz se não tiver justiça. Enquanto não vem, o melhor caminho é dialogar. Isso o Lula faz muito bem.

. Como vê o comportamento da igreja em relação à pedofilia?

A igreja tardou a tomar providências efetivas. Primeiro internas, com a suspensão dessas pessoas, depois respondendo pelos crimes cometidos perante a legislação vigente.

. O que está por trás disso?

A ideia de que todo sacerdote precisa ter vocação para o celibato. Esse não era o ponto de vista de Jesus. E como sei disso? Porque está no primeiro capítulo do Evangelho de Marcos, que fala que Jesus curou a sogra de Pedro. Agora, se Pedro tinha sogra, qual é a conclusão? E o interessante é que não só Jesus incorpora ao grupo de apóstolos um homem notoriamente casado como o escolhe para ser o primeiro Papa. O celibato foi uma medida tardia na história da igreja católica.

. E o celibato leva à pedofilia?

Isso acontece por dois motivos: a obrigatoriedade do celibato e a má formação afetiva dos seminaristas. Acho um crime colocar no seminário um jovem antes dos 15 anos, que não tem claro ainda o seu perfil sexual, e depois jogá-lo sozinho em uma paróquia sem qualquer relação familiar. Essa carência leva, às vezes, a aberrações.

. Você é celibatário?

Sim. Para quem vive numa comunidade religiosa como eu, não faz o menor sentido casar porque você partilha os seus bens, a sua vida. Agora, para os sacerdotes diocesanos não há nenhuma razão. Se há nesses escândalos de pedofilia algo aproveitável é a possibilidade da igreja voltar a discutir a obrigatoriedade do celibato e a ordenação das mulheres.

. Qual é a explicação para que as mulheres não sejam ordenadas?

A igreja considera ainda hoje a mulher um ser inferior ao homem. No período medieval, a instituição abraçou o princípio de São Tomás de Aquino que, entre grandes luzes, disse essa bobagem.

. Como era o Frei Betto de 30 anos atrás e como é o de hoje?

Continuo um cigano de Deus, viajando a bordo de um paradoxo. Há 30 anos eu acreditava que o meu tempo pessoal coincidiria com o meu tempo histórico. Hoje, sei que não participarei da colheita, mas faço questão de morrer semente.

Paula Bonelli entrevista Frei Betto no ‘O Estado de Sao Paulo’

Fonte: por e-mail

Papa nomeia bispo coadjutor para Caxias do Sul, cria a diocese de Salgueiro e nomeia seu primeiro bisp

junho 16, 2010

Qua, 16 de Junho de 2010 05:09 cnbb PDF

papa2

O papa Bento XVI erigiu, nesta quarta-feira, 16, uma nova diocese no Brasil e nomeou seu primeiro bispo. Trata-se da diocese de Salgueiro, no Pernambuco, desmembrada das dioceses pernambucanas de Petrolina e Floresta.

O primeiro bispo da nova diocese será o frei Magnus Henrique Lopes, da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, nomeado hoje pelo papa, que comunicou também a nomeação de dom Alessandro Ruffinoni como bispo coadjutor da diocese de Caxias do Sul (RS), transferindo-o da arquidiocese de Porto Alegre (RS).

Frei Magnus
Natural de Assu, no Rio Grande do Norte, frei Magnus nasceu no dia 31 de julho de 1965. Entrou para o Ordem dos Capuchinhos em 1988, cursando Filosofia na Faculdade de Filosofia do Recife e Teologia no Instituto Franciscano de Olinda. Foi ordenado padre no dia 21 de dezembro de 1996.

Com bacharelado em Psicologia pelo Centro de Estudos Superiores de Maceió e mestrado em Teologia Moral pela Academia Alfonsiana, em Roma, frei Magnus foi animador vocacional dos Capuchinhos do Nordeste, mestre de postulantes em Maceió, ecônomo em várias fraternidades da Província, vigário paróquia de diversas paróquias e vigário da Fraternidade Capuchinha de Maceió.

Atual guardião e ecônomo da Fraternidade do Convento Santo Antônio em Natal, frei Magnus foi também Definidor Provincial, ministro dos Capuchinhos do Brasil e diretor espiritual de diversos grupos, movimentos e pastorais.

Dom Alessandro
Ordenado bispo auxiliar de Porto Alegre em 17 de março de 2006, dom Alessandro nasceu em San Martino de’Calvi, na Itália, no dia 26 de agosto de 1943. Tem como lema episcopal: “Na Igreja ninguém é estrangeiro”.

Antes de ser ordenado bispo, dom Alessandro foi animador vocacional no Brasil e reitor em Guaporé (RS); diretor CIBAI em Porto Alegre; reitor na Ciudad Del Este, no Paraguai; pároco no Paraguai; diretor do Centro Missioneiro na Ciudad del Este; Vigário Geral na diocese de Ciudad del Este; Superior Provincial em Porto Alegre (RS) e coordenador da Pastoral dos Migrantes em Assunção, no Paraguai.

Share/Save/Bookmark

Reflexao do Dia: Novena do Perpétuo Socorro

junho 15, 2010

Evangelho de hoje: Mateus 5, 43-48

A gente sempre tem uma tendência muito forte a seguir o exemplo ou tentar imitar o jeito de ser, de falar das pessoas que amamos e admiramos.

         Desde pequenos observamos nosso pai, nossa mãe e tentamos imitar o jeito de andar, falar, fazer as coisas que eles fazem. Até mesmo o jeito de pensar, costumamos querer imitar.

         Quando admiramos muito uma pessoa às vezes até  o defeito costumamos pegar delas.

         Chegamos, muitas vezes, até a nos sentirmos honrados quando alguém nos fala “você puxou o jeito de ser do seu pai” ou “Você tem o mesmo jeitinho da sua mãe”. Esta comparação nos faz sentir bem, quando essa qualidade é uma coisa boa. Queremos ser iguais a eles.

         É muito… muito bom querer parecer… imitar as qualidades daqueles que admiramos.

                   JESUS HOJE NOS CONVIDA A IMITAR NOSSO PAI QUE ESTÁ NO CÉU.

         Ele nos convida a amar com Deus ama: a TODOS SEM DISTINÇÃO.

         Isto que dizer: AMAR INCONDICIONALMENTE nosso próximo mas também os nossos inimigos e aqueles que nos perseguem.

         MAS QUE PEDIDO MAIS DIFÍCIL DE CUMPRIR, NÃO É MESMO?

         Com este pedido Jesus quer acabar com a divisão social dos homens amigos e inimigos.

         Ele quer nos ensinar que para o cristão não existe a idéia de inimigo, porque cada um é o próximo de todos.

         Na verdade, Ele quer nos dizer que o único inimigo é o mal, o pecado, a ação negativa. NÃO O PECADOR.

         Jesus separa a pessoa da sua ação negativa.

         Existe também uma grande confusão a respeito do AMOR. Muito se fala, se escreve e se canta sobre o AMOR, mas pouco se pratica.

         O problema está em diferenciar o que é amor sentimento, emoção do que é amor-ação, daquele proposto por Jesus e que deve ser praticado independentemente do que sentimos.

         O amor-sentimento tem que ser alimentado senão pode acabar; o amor-ação  exige o compromisso de agir de forma boa para com todos, sem levar em conta os possíveis sentimentos negativos que tenhamos contra o outro.

         Sentir raiva, sentir medo com a atitude negativa de alguém contra nós é normal, só não pode ser alimentada.

         AMAR A QUEM NOS FEZ MAL É MUITO DIFÍCIL, EXIGE UM GRANDE EMPENHO DE NOSSA PARTE.

         Jesus não exige que coloquemos nossas vidas em risco convivendo com pessoas que nos agridem, nem que convivamos com pessoas que nos causam mal-estar nos humilhando, nos desprezando, nos criticando o tempo todo.

         À vezes, afastar do convívio é a única solução para mostrar às pessoas as conseqüências de suas ofensas. Isto não quer dizer também, ficar indiferente ou desprezá-la, e sim tratá-la com carinho, mas ficar distante para não deixar que suas atitudes nos firam ainda mais. Até que ela se converta.

         Para estes casos Jesus nos orienta a oração, que é uma forma especial de amar aqueles que nos perseguem. Devemos rezar por eles.

         Pelo amor e pela oração nos defendemos dos inimigos. O cristão nunca se desarma contra o mal, mas busca superar o mal com o bem.

         O amor aos inimigos é um apelo a superar os conflitos em favor de uma convivência fraterna.

         O amor aos inimigos é o ponto mais alto da perfeição cristão, é o mais generoso fruto do verdadeiro espírito cristão.

         Você ama seu ofensor – seu inimigo – quando você reza por ele; quando você deseja o bem para ele; quando você pede a Deus por sua conversão.

         Jesus mesmo nos deu o exemplo quando já preso na cruz pediu ao Pai perdão para aqueles que o crucificaram.

         Deus encheu a terra de coisas boas para os bons e para os maus, independentemente da dignidade ou do merecimento.

         A razão de amarmos a todos, mesmo que não mereçam e de não desejarmos mal a ninguém é uma só:

         DEUS PAI FAZ ASSIM! Imitá-lo torna-nos semelhantes a Ele. Todo gesto de bondade das pessoas é um reflexo da bondade que vem de Deus.

         Para muitos AMAR OS INIMIGOS é um ideal inatingível, mas quanto mais sublime é o modelo de vida que miramos, mais incentivo teremos por imitá-lO. Mais força Deus nos enviará.

         Se o nosso ideal for pequeno ou médio, muito menos incentivo sentimos para subir, para melhorar nossa vida espiritual  e temporal.

         Jesus, propondo-nos a perfeição do Pai como modelo, ensina que, no caminho para elevada perfeição, nunca podemos dizer “já fiz o que podia”; “cheguei no meu limite, agora basta!”

         Fomos criados para a perfeição, isto é, capazes de sermos sempre mais.

Fonte:  Mária – Ministro da Palavra em Santos Dumont, Paroquia de Sao Miguel e Almas,  por e-mail

Festa de Nossa senhora do perpetuo Socorro – Floresta

junho 15, 2010

Reflexao do Dia: Missa de Cura e Libertaçao

junho 15, 2010

Missa de Cura e Libertaçao

Terça-feira 15 de junho, as 19h, Missa de Cura e Libertaçao na comunidade Santa Maria, no bairro Santa Rita em JF.

Para participar desta Santa Missa pede-se que leve Biblia, pedidos de oraçao para queimar no altar, agua, remedios, objetos de devoçcao para serem abençoados, etc. Sera um momento rico de encontro com Deus.

Leituras: as do dia.

Reflexao do Dia: Devoçao ao Sagrado Coraçao de Jesus

junho 14, 2010

A devoção ao Sagrado Coração de Jesus é uma das expressões mais difundidas da piedade eclesial, tal como refere recentemente o “Directório sobre a Piedade Popular e a Liturgia” da Congregação para o Culto Divino. Os Pontífices romanos têm salientado constantemente o sólido fundamento na Sagrada Escritura desta maravilhosa devoção.

Como conseqüência das aparições de Nosso Senhor a Santa Margarida Maria Alacoque no mosteiro de Paray-le-Monial a partir de 1673, este culto teve um incremento notável e adquiriu a sua feição hoje conhecida. Nenhuma outra comunicação divina, fora as da Sagrada Escritura, receberam tantas aprovações e estímulos da parte do Magistério da Igreja como esta.

Entre os documentos mestres nesta matéria encontramos a encíclica de Pio XII, Haurietis aquas, de 15 de Maio de 1956. Pio XII salienta que é o próprio Jesus que toma a iniciativa de nos apresentar o Seu Coração como fonte de restauração e de paz: “Vinde a mim, todos vós, que estais cansados e oprimidos, que Eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração e encontrareis descanso para o vosso espírito. Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”. (Mt. 11, 28-30)

Não é por acaso que as aparições a Santa Margarida Maria deram-se num momento crucial em que se pretendia afirmar secularização e que a devoção ao Sagrado Coração apareceu sempre como o mais característico de todos os movimentos que resistiram à descristianização da sociedade moderna.

Fonte: Site do Sagrado Coraçao

Reflexao do Dia: Santo Antonio

junho 11, 2010

Santo Antonio padroeiro de Nossa Arquidiocese, os ensina que devemos ler a Biblia todos os dias e te-la na memoria. Nao como os protestantes com decoreba de, apenas versiculos e discursos fundamentalistas, mas a Biblia inteira. A Biblia e uma unidade. Nao se pode fazer dela “arma” de guerra santa como fazem os Evangelicos fundamentalistas e as Geovas.

Santo Antonio combateu os hereges da fe e da Biblia. Tambem os devemos fazer o mesmo.

Santo Antonio ´- Rogai por nos!

Reflexao do Dia: Como rezar o Terco

junho 9, 2010

Entendendo o Rosário
A etapa mais importante já aprendemos. Agora que sabemos como rezar o terço, entender o Rosário será mais fácil. Um Rosário completo é formado por quatro terços, onde cada terço representa, distintamente a contemplação dos seguintes mistérios:

1º terço – Contemplação dos Mistérios Gozozos;
2º terço – Contemplação dos Mistérios Luminosos;
3º terço – contemplação dos Mistérios Dolorosos;
4º terço – Contemplação dos Mistérios Gloriosos.

Quatro Terços formam um Rosário, onde cada terço representa um mistério.

Mistérios Gozosos + Mistérios Luminosos + Mistérios Dolorosos + Mistérios Gloriosos = 1 ROSÁRIO

Até aqui já sabemos como rezar o terço básico, bem como o Rosário, já que este é formado pela reza de quatro terços completos, cada um deles significando um Mistério. Cada Mistério está subdividido em cinco mistérios. Por exemplo, no terço do Mistério Gozoso rezaremos 5 (cinco) dezenas do terço, onde contemplaremos, em cada dezena, uma passagem bíblica. Veja como divide-se a contemplação de cada um dos quatro terços que formam o Rosário:

5. A Instituição da Eucaristia, expressão sacramental do mistério pascal.

MISTÉRIOS GOZOSOS (segunda-feira e sábado)
1. A encarnação do Filho de Deus.
2. A visitação de Nossa Senhora a Santa Isabel.
3. O nascimento do Filho de Deus.
4. A Apresentação do Senhor Jesus no templo.
5. A Perda do Menino Jesus e o encontro no templo.

MISTÉRIOS DOLOROSOS (terça-feira e sexta-feira)
1. A Oração de Nosso Senhor no Horto da Oliveiras.
2. A Flagelação do Senhor.
3. A Coroação de espinhos.
4. O Caminho do Calvário carregando a Cruz.
5. A Crucificação e Morte de Nosso Senhor.

MISTÉRIOS GLORIOSOS (quarta-feira e domingo)
1. A Ressurreição do Senhor.
2. A Ascensão do Senhor.
3. A Vinda do Espírito Santo.
4. A Assunção de Nossa Senhora aos Céus.
5. A Coroação da Santíssima Virgem.

MISTÉRIOS LUMINOSOS (quinta-feira)
1. O Batismo no Jordão.
2. A auto-revelação nas bodas de Caná.
3. O anúncio do Reino de Deus convidando à conversão.
4. A Transfiguração.

Fonte: Blog como rezar o terco

O VIAJANTE, Joelmir Betting merece um OSCAR!

junho 9, 2010

 

O Viajante                                                                  
Texto de Joelmir Beting

Se beber não dirija. Nem governe.
Até aqui, em 40 meses de governo, o presidente Lula já cometeu 102 viagens ao mundo. Ou mais de duas por mês, tal como semana sim, semana não. Sem contar, ora pois, as até aqui, 283 viagens pelo Brasil…
Hoje, dia 15, ele completa 382 dias fora do país desde a posse. E pelo Brasil, no mesmo período, 602 dias fora de Brasília.
Total da itinerância presidencial, caso único no mundo e na História: Exatos 984 dias fora do Palácio, em exatos 1.201 dias de presidência.
Equivale a 81,9% do seu mandato fora do seu gabinete. Esta é a defesa da tese de que ele não  sabia e nem sabe de nada do que acontece no Palácio do Planalto.
Governar ou despachar, nem pensar.
A ordem é circular.  A qualquer pretexto.
E sendo aqui deselegante, digo que o presidente não é (nem nunca foi) chegado ao batente, ao  despacho, ao expediente.
Jamais poderá mourejar no gabinete, dez horas por dia, um simpático mandatário que tem na biografia o nunca ter se sentado à mesa nem para estudar, que dirá para trabalhar.’
SEM CONTAR AS DESPESAS:
FHC, EM 8 ANOS DE GOVERNO, GASTOU R$ 58 MILHÕES, CRITICADOS PELO PT.
LULA ATÉ AGORA, EM MENOS DE 7 ANOS, GASTOU R$ 584 MILHÕES! E SÓ AS IDENTIFICADAS PELA IMPRENSA 
E o povão ainda aplaude e vota!