Archive for março \30\UTC 2011

Reflexão do dia:Um dia você aprende…

março 30, 2011

Um dia você aprende… – Willian Shakespeare

Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança ou proximidade. E começa aprender que beijos não são contratos, tampouco promessas de amor eterno. Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos radiantes, com a graça de um adulto – e não com a tristeza de uma criança. E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, pois o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, ao passo que o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.

Depois de um tempo você aprende que o sol pode queimar se ficarmos expostos a ele durante muito tempo. E aprende que não importa o quanto você se importe: algumas pessoas simplesmente não se importam… E aceita que não importa o quão boa seja uma pessoa, ela vai ferí-lo de vez em quando e, por isto, você precisa estar sempre disposto a pedoá-la.

Aprende que falar pode aliviar dores emocionais. Descobre que se leva um certo tempo para construir confiança e apenas alguns segundos para destruí-la; e que você, em um instante, pode fazer coisas das quais se arrependerá para o resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias, e que, de fato, os bons e verdadeiros amigos foram a nossa própria família que nos permitiu conhecer. Aprende que não temos que mudar de amigos: se compreendermos que os amigos mudam (assim como você), perceberá que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou até coisa alguma, tendo, assim mesmo, bons momentos juntos.

Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito cedo, ou muito depressa. Por isso, sempre devemos deixar as pessoas que verdadeiramente amamos com palavras brandas, amorosas, pois cada instante que passa carrega a possibilidade de ser a última vez que as veremos; aprende que as circunstâncias e os ambientes possuem influência sobre nós, mas somente nós somos responsáveis por nós mesmos; começa a compreender que não se deve comparar-se com os outros, mas com o melhor que se pode ser.

Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que se deseja tornar, e que o tempo é curto. Aprende que não importa até o ponto onde já chegamos, mas para onde estamos, de fato, indo – mas, se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar servirá.

Aprende que: ou você controla seus atos e temperamento, ou acabará escravo de si mesmo, pois eles acabarão por controlá-lo; e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa o quão delicada ou frágil seja uma situação, sempre existem dois lados a serem considerados, ou analisados.

Aprende que heróis são pessoas que foram suficientemente corajosas para fazer o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências de seus atos. Aprende que paciência requer muita persistência e prática. Descobre que, algumas vezes, a pessoa que você espera que o chute quando você cai, poderá ser uma das poucas que o ajudará a levantar-se. (…) Aprende que não importa em quantos pedaços o seu coração foi partido: simplesmente o mundo não irá parar para que você possa consertá-lo. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar atrás. Portanto, plante você mesmo seu jardim e decore sua alma – ao invés de esperar eternamente que alguém lhe traga flores. E você aprende que, realmente, tudo pode suportar; que realmente é forte e que pode ir muito mais longe – mesmo após ter pensado não ser capaz. E que realmente a vida tem seu valor, e, você, o seu próprio e inquestionável valor perante a vida.

Willian Shakespeare

Fonte: amiga por e-mail

 

Anúncios

Reflexão do dia: A Água no Microondas

março 29, 2011

Faz 5 dias meu filho de 26 anos decidiu tomar xícara de café instantâneo

Pôs para aquecer no microondas (algo que já havia feito antes em várias ocasiões) uma xícara somente com água. Não sei exatamente por quanto tempo o programou mas me disse que queria que a água fervesse.

Quando o tempo acabou o forno se apagou e ele tirou a xícara do forno.

Enquanto olhava a xícara se deu conta que a água não estava fervendo; todavia, a água saltou diretamente para seu rosto. Ele a soltou de suas mãos depois que a água havia saltado para seu rosto devido a energia acumulada. Todo seu rosto têm feridas de 1º e 2º graus e é muito provável que o rosto ficará marcado. Além de haver perdido a vista parcialmente do olho esquerdo. Enquanto estávamos no hospital o doutor que o atendia comentou que estes tipos de acidentes eram muito frequentes e que nunca deveria por somente água para aquecer em microondas.

Se for aquecer água desta forma sempre se deve pôr algo na água, um palito de madeira ou um sache de chá, mas se vai aquecer somente a água é melhor usar o fogão à gás.

Isto é o que um professor de física disse a respeito: ‘Obrigado por me enviar a mensagem advertido-me a cerca da água em microondas. Soube de vários casos. Isto é causado por um fenômeno conhecido como super-aquecimento’ . Pode acontecer em qualquer momento que a água está aquecendo….. especialmente se o utensílio que se está usando é novo.

O que acontece é que a água aquece muito mais rápido que as borbulhas que demorarão a se formar. Se a xícara é nova não têm nenhum raspão ou ranhura por onde as borbulhas possam sair e possam começar a borbulhar na água que já está fervendo, de tal maneia que a água vai aquecendo passando o tempo de ferver (como quem diz ferve…e ferve… e ferve….).

O que acontece então é que a água se obstrui, fica estancada e ao contato com o ar a água salta com força pela energia contida.

Fonte: um amigo por e-mail

Morre Padre Comblin

março 28, 2011

José Comblin

22.03.1923       27.03.2011

E agora, José?

A festa acabou,

a luz apagou,

o povo sumiu,

a noite esfriou,

e agora, José?

É terceiro domingo da quaresma, o evangelho apresenta Jesus  na beira do poço pedindo água a mulher samaritana. Na cidade de São Salvador da Bahia chove muito. Longe do centro turístico, na região metropolitana, bem na divisa entre Salvador e Simões Filho, num bairro pobre e meio esquecido está o “Recanto da Transfiguração” – uma comunidade de consagradas que vivem a espiritualidade trinitária. Foi nesta casa simples e acolhedora que José Comblin se encontrava. Foi cercado de gente simples que ele  celebrou há dias atrás, seus 88 anos de vida, com direito a bolo e vela para apagar.

Ao lado da capela num simples quarto, na manhã do dia 27 de março, embalado nos braços da Trindade Santa, José foi para casa do Pai.

Recebi o telefonema do Frei Luciano da CPT e imediatamente segui para local. No caminho fui avisando aos amigos e amigas, que pudessem ir para lá.

Cheguei no Recanto da Transfiguração… Comblin estava na cama onde tinha dado o último suspiro. O semblante tranquilo de quem morreu como tinha sonhado… cheguei bem perto, peguei em sua mão, afagei seu rosto e lembrei naquele instante de pessoas que gostariam de fazer aquele mesmo gesto… e disse baixinho: “José esse aperto de mão é em nome do Beozzo, do CESEP, do CEBI, do Carlos Mestres, da Ivone Gebara, das faculdades de teologia onde você lecionou, do Fr Betto, do Marcelo Barros,do Ir Bruno de Taizé, das Comunidades eclesiais de base…e tantos e tantas… é também em nome da Teologia da Enxada!

Na sala, ao lado do quarto, estavam Frei Luis Cappio, Bispo da Barra (BA), onde atualmente residia Comblin; também Eduardo Hoonaert e a esposa e a Mônica que o acompanhava. Dom Cappio nos convida a celebrar a Eucaristia. Pegamos juntos o corpo do José, levamos para capela, e numa celebração simples, familiar de pouco mais de vinte pessoas, entoamos canções que marcaram a história das comunidades. Rezamos, ouvimos o testemunho dos que ali estavam e dos amigos que conviveram com Comblin.

Terminada a celebração embalados por canções e preces nos despedimos. Pe José Comblin será sepultado na Paraíba. Lá seu corpo será semeado, no mesmo chão nordestino que acolheu Pe Ibiapina, Padre Cícero, Margarida Maria Alves, Dom Hélder Câmara…

Fechei alguns botões da sua camisa; no quarto onde veio a falecer, coloquei no guarda roupa os óculos que ainda estavam sobre a cama. Lá fora a chuva caia fina, algumas pessoas ainda chegavam, quase todos sempre com o mesmo sentimento: Muito obrigado José Comblin!

Recordei sua profecia, seus escritos, sua lucidez…e  me veio no pensamento a canção:

E agora, José?

A festa acabou,

a luz apagou,

o povo sumiu,

a noite esfriou,

e agora, José?

Pe Edegard Silva Júnior

Salvador-Ba 27.03.2011

 

Reflexão do dia: O FERREIRO

março 28, 2011


Era uma vez um ferreiro que, após uma juventude cheia de
excessos, resolveu entregar sua alma a Deus. Durante muitos anos
trabalhou com afinidade, praticou a caridade, mas apesar de toda
sua dedicação, nada parecia dar certo na sua vida. Muito pelo
contrário: seus problemas e dívidas se acumulavam cada vez mais.

Uma bela tarde, um amigo que o visitara  e que se compadecia de
sua situação difícil  comentou:

É realmente estranho que, justamente depois que você resolveu
se tornar um homem temente a Deus, sua vida começou a piorar. Eu
não desejo enfraquecer sua fé, mas apesar de toda a sua crença no
mundo espiritual, nada tem melhorado.

O ferreiro não respondeu imediatamente. Ele já havia pensado
nisso muitas vezes, sem entender o que acontecia em sua vida.

Entretanto, como não queria deixar o amigo sem resposta, começou
a falar e terminou encontrando a explicação que procurava.
Eis o que disse o ferreiro:

Eu recebo nesta oficina o aço ainda não trabalhado e preciso
transformá-lo em espadas. Você sabe como isto é feito? Primeiro
eu aqueço a chapa de aço num calor infernal, até que fique
vermelha. Em seguida, sem qualquer piedade, eu pego o martelo
mais pesado e aplico golpes até que a peça
adquira a forma desejada.

Logo, ela é mergulhada num balde de água fria e a
oficina inteira se enche com o barulho do vapor, enquanto a peça
estala e grita por causa da súbita mudança de temperatura. Tenho
que repetir esse processo até conseguir a espada perfeita:
uma vez apenas não é suficiente.

O ferreiro deu uma longa pausa e continuou:

Às vezes, o aço que chega até minhas mãos não consegue
agüentar esse tratamento. O calor, as marteladas e a água fria
terminam por enchê-lo de rachaduras.

E eu sei que jamais se transformará numa boa lâmina de espada.
Então, eu simplesmente  o coloco no monte de ferro velho que você
viu na entrada de minha ferraria.

Mais uma pausa e o ferreiro concluiu:

Sei que Deus está me colocando no fogo das aflições. Tenho
aceito as marteladas que a vida me dá, e às vezes sinto-me tão
frio e insensível como a água que faz sofrer o aço.
Mas a única coisa que peço é:

“MEU DEUS, NÃO DESISTA, ATÉ QUE EU CONSIGA
TOMAR A FORMA QUE O SENHOR ESPERA DE MIM.
TENTE DA MANEIRA QUE ACHAR MELHOR, PELO TEMPO
QUE QUISER  MAS JAMAIS ME COLOQUE NO
MONTE DE FERRO VELHO DAS ALMAS”.

Fonte: enviado por e-mail pela amiga Conceição

Orar sempre

março 25, 2011

Orar é um bom exercício para descobrir a docilidade da nossa alma. Muitas vezes os afazeres, as diversões e tantas coisas que inventamos nos transpostam para as vitrines da competição, do ciúmes, da inveja chegando, até mesmo, ao rancor.

O mundo, lá fora é muito competitivo e, muitas vezes, desleal. Isso causa insatisfações, complexos de inferioridade e desmotivação. Quem perde uma concorrência, uma vaga no emprego ou uma promoção fica muito machucado. Prejudica, inclusive as relações domésticas. Os excessos não nos deixam pensar em nós, em Deus, em nossa espiritualidade e intimidade com Ele. Esquecemos que valemos mais que o sucesso e todo dinheiro do mundo.

A oração nos traz de volta à vida da alma. Nos faz restaurar em verdes pastagens e àguas refrescantes.

Sexta da libertação

março 25, 2011

Venha participar da Missa da Saúde, hoje, às 19h, na Igreja de Santa Rita. Trazer bíblia, pedidos de oração, fotos, água, enfim, fé, vontade de vencer.

Nossas palavras são: “Tudo posso naquele que me fortalece”. “Para deus nada é impossível”.

Convido você para me ouvir, hoje, na http://www.radiocatedraljf.com às 9:20 o programa “Microfone Aberto” onde estaremos falando da semana da caridade e, às 17h. o programa “Milagres Existem”

Campanha da fraternidade 2011

março 24, 2011

A Igreja católica quer conscientizar o povo. Devemos preservar a natureza: os rios, as plantas, os animais e as pessoas. Deus criou o mundo e tudo que nele existe e deu para o homem cuidar. Veja o que diz esta canção:

Planeta Àgua

Guilherme Arantes

Água que nasce na fonte
Serena do mundo
E que abre um
Profundo grotão
Água que faz inocente
Riacho e deságua
Na corrente do ribeirão…

Águas escuras dos rios
Que levam
A fertilidade ao sertão
Águas que banham aldeias
E matam a sede da população…

Águas que caem das pedras
No véu das cascatas
Ronco de trovão
E depois dormem tranqüilas
No leito dos lagos
No leito dos lagos…

Água dos igarapés
Onde Iara, a mãe d’água
É misteriosa canção
Água que o sol evapora
Pro céu vai embora
Virar nuvens de algodão…

Gotas de água da chuva
Alegre arco-íris
Sobre a plantação
Gotas de água da chuva
Tão tristes, são lágrimas
Na inundação…

Águas que movem moinhos
São as mesmas águas
Que encharcam o chão
E sempre voltam humildes
Pro fundo da terra
Pro fundo da terra…

Terra! Planeta Água
Terra! Planeta Água
Terra! Planeta Água…

Água que nasce na fonte
Serena do mundo
E que abre um
Profundo grotão


Alô meu Deus

março 23, 2011

Quero neste dia colocar todos que estão sofrendo em oração. Não sei qual é o seu problema, mas sei que posso orar por você. Vamos juntos fazer uma corrente de fé e eliminar tudo que causa infelicidade, medo e sofrimento.

Venha em nosso auxilio Senhor! Purifica-nos! Liberta-nos! Salva-nos!

Oremos a Deus com Santa Rita de Cassia

Ó poderosa Santa Rita, chamada de Santa dos impossíveis, advogada dos casos desesperados, auxiliar na hora extrema, refúgio na dor, e salvação para os que se acham nos abismos do pecado e do desespero, com toda a confiança, no vosso celeste patrocínio, a vós recorro no difícil e imprevisto deste caso que dolorosamente me aflige o coração.
Dizei-me , Santa Rita não quereis auxiliar e consolar?
Afastarei o vosso olhar piedoso do meu pobre coração angustiado? Vós bem sabeis, vós bem conheceis o que seja o martírio do coração.
Pelos sofrimentos atrozes que padecestes, pelas lágrimas amargosíssimas que santamente chorastes, vinde em meu auxílio. Falai, rogai, intercedei por mim que não ouso fazê-lo ao Coração de Deus, Pai de misericórdia e fonte de toda a consolação, e obtende-me a graça que desejo. (Mencione-se a graça desejada).
Apresentada por vós, que sois tão cara ao Senhor, a minha prece será aceita e atendida certamente; valer-me-ei deste favor para melhorar minha vida e os meus hábitos, e para exaltar na terra e no céu as misericórdias divinas. Amém.

Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória. (3x)

Lembrando que amnhã quinta-feira 8o dia da Quizena, Missas às 7 e 19h e, Adoração ao Santíssimo Sacramento o dia todo. Igreja de Santa Rita fica na rua Barao do Retiro 388, no Bairro Bonfim. Temos amplo estacionamento e os ônibus passam na porta.


Tirando onda com meu colega “Evangélico”

março 23, 2011

Para a Igreja católica todo dia é dia da Bíblia. Este mês estamos estudando o livro do eclesiástico. Mais de 150 pessoas estão participando toda as terça-feira deste evento, sempre às 19:30h, na Igreja de Santa Rita. A Bíblia nas mãos dos católicos significa voltar às origens. Sim, foi isso mesmo que você entendeu – volta às origens.

É que não existe outra Bíblia crista senão a católica. Isto porque foi a papa Damaso, quem, no século terceiro, definiu os livros canônicos do Novo Testamento.  Quer dizer, foi o papa católico quem, à luz do Espírito Santo, considerou livros inspirados por Deus. Daí para frente a Bíblia passou a ter o Antigo e o Novo testamento. O antigo Testamento fala da Promessa de Deus e o Novo Testamento, fala da realização da Promessa e o surgimento da primeira religião Crista – a Igreja católica.

Desse modo a Bíblia tem 73 livros: 46 no Antigo Testamento e 27 no Novo Testamento. Esta é a verdadeira Bíblia usada pelos cristãos. Ela tem também 1.333 capítulos e 35.700 versículos.

Você deve estar perguntando: a protestante é diferente da Bíblia católica? A primeira coisa que um católico deve saber é que NÃO existe bíblia protestante. Os protestantes, evangélicos ou pentecostais usam a mesma Bíblia católica, porém incompleta. Eles não têm Bíblia alguma. A Bíblia que eles usam, repito, é a NOSSA! A diferença é que eles rasgaram sete livros da nossa bíblia. São eles: Tobias, Judite, Sabedoria, Eclesiástico, Baruc, 1º Macabeus e 2º Macabeus. Também faltam os capítulos de 10 a 16 do livro de Ester e os capítulos 3, 13 e 14 do livro de Daniel. Deste modo eles mutilaram a Bíblia. Para ficar bem claro quero dizer: tudo que tem escrito na bíblia que os protestantes usam tem na Bíblia que nós católicos usamos (a Bíblia que eles usam è a nossa incompleta), mas nem tudo que está escrito na Bíblia que nós usamos está escrito na Bíblia que eles usam.

Observe que usei os termos a “Bíblia que nós usamos” e a “Bíblia que eles usam”. Fiz de propósito para que você, meu leitor, apreenda que não existe bíblia protestante, mas uma Bíblia católica, que os nossos irmãos protestantes usam, faltando 7 livros e alguns capítulos de outros livros.

Finalmente quero dizer como Jesus: “Quem não é contra nós, é ao nosso favor”. Apesar deles chutarem as imagens e falarem mal da Igreja católica, eles usam a nossa Bíblia, lêem nossa Bíblia, pregam com a nossa Bíblia. Mais ainda, aprenderam a usar água benta conosco, muitas Igrejas já usam cruz, tem templos dos anjos, fazem novena da sagrada família, etc. Eles copiaram tudo isso da Igreja Católica. Na verdade eles são do nosso lado. São ao nosso favor e divulgam nosso modo de orar. Somos todos irmãos, por isso devemos nos amar.

 

Você quer ouvir a minha voz

março 22, 2011

Ouça de segunda à sexta às 17h o meu programa “Milagres Existem” e toda sexta das 9:20 às 10h o programa “Microfone Aberto”, pelo site http://www.radiocatedraljf.com.br

Espero você!