Aos que se questionaram sobre a veneração dos restos mortais do beato João Paulo II, aqui vai uma resposta.

A veneração aos restos mortais do Beato João Paulo II não significa um culto ao cadáver.

Mas é uma reverência aquele instrumento por onde passou a graça de Deus para a humanidade.

O corpo de Karol Wojtyla foi meio de expressão da bondade de Deus pelos povos.

Este corpo foi banhado nas águas do batismo, ungido com óleo santo, e está destinado a ressurreição da carne, como o de todos os falecidos.

Portanto, tem sua dignidade. Ainda mais, por sermos espíritos encarnados, necessitamos de sinais sensíveis para expressarmos nossos sentimentos mais profundos ou despertá-los.

A exposição do caixão contendo o corpo do novo beato papa é um instrumento para tal.

Seria difícil homenageá-lo apenas abstratamente, como puros espíritos ou anjos.

Nós não somos assim. Somos de carne e osso.

Por fim, reverenciar o corpo de beato Karol Wojtyla é, em última instância, bendizer a Deus que nos abençoou através das mãos santas do seu servo, servo servorum Dei (servo dos servos de Deus).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: