Conferências, música e teatro marcaram o segundo

O segundo dia do Mutirão de Comunicação do Rio de Janeiro teve início com a oração da manhã (Laudes), celebrada na Capela do Sagrado Coração de Jesus, localizada dentro do campus da PUC-Rio. Logo após, foi dado início ao primeiro painel do dia, com o tema “Concepção, filosofia, estruturas e modalidades da Comunicação na Igreja e a Imagem da Igreja na mídia”.

A apresentação ganhou destaque pela presença do Diretor da Central Globo de Produções, Luis Erlanger. Os bispos que participaram do primeiro dia das atividades (Dom Claudio Celli, Dom Dimas Lara Barbosa, Dom Orani Tempesta e Dom Frei Leonardo Ulrich Steiner) também fizeram suas explanações na conferência. Eles debateram com os participantes sobre o tema abordado, sobretudo na visibilidade da Igreja perante a mídia.

 

Alguns participantes indagaram sobre iniciativas que podem ser tomadas a fim de promover a identidade da Igreja nos meios de comunicação. O momento foi oportuno para falar sobre o lançamento do I Troféu Imprensa da Arquidiocese de Juiz de Fora. Durante o intervalo, vários participantes se mostraram interessados na iniciativa, trocando experiências de eventos já realizados em suas respectivas dioceses.

Ao meio dia, todos acompanharam a transmissão da oração do Angelus, pela Rádio Catedral FM (Rio), diretamente do Cristo Redentor, no Corcovado.

 

A tarde foi marcada pelo Seminário das Organizações e Instituições Católicas de Comunicação do Brasil. Os conferencistas foram a Presidente da Associação Católica de Comunicação, Irmã Helena Corazza, o representante da Rádio Renascença de Lisboa (Portugal), Nelson Ribeiro; o Presidente da Rede Católica de Rádio, Frei Carlos Romanini; o Diretor-Geral da TV Aparecida, Pe. César Moreira; o Presidente da TV Século 21, Frei Eduardo Dougherty; o jornalista e representante do Sistema Canção Nova de Comunicação, Ronaldo Silva e o Diretor da Rede Vida de Televisão, Monteiro Neto. Cada um fez uma apresentação de 15 minutos, onde contaram um pouco da história de seus veículos e falaram sobre as projeções para o futuro de cada uma. A conferência foi mediada pelo Assessor das Pastoral da Comunicação da Arquidiocese do Rio de Janeiro, Pe. Márcio Queiroz.

Após uma hora de debate, os participantes assistiram a uma apresentação do cantor e compositor Jorge Vercillo. No início da noite, a conferência foi sobre “Uma reflexão sobre a mídia contemporânea”, com o professor da faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Wilson Gomes. E para encerrar as atividades do dia, houve apresentação do grupo de teatro Chiquinho.

Segunda-feira, 18 de julho de 2011.

Leandro Novaes

Jornalista da Arquidiocese de Juiz de Fora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: