Archive for novembro \19\UTC 2011

Ouça o que penso

novembro 19, 2011
EDITORIAL: Pesquisas de avaliação do nível da educação de base em todo o país.

Editorial, diariamente às 11h50 no Jornal Boa Nova

Inep, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, realiza até o fim desta semana mais uma edição da Prova Brasil, para crianças do 5º e 9º ano do ensino fundamental e do terceiro ano do ensino médio.

Cerca de 6,2 milhões de estudantes de 71 mil unidades de ensino públicas e particulares participam da avaliação, em 5.538 municípios. Os resultados vão ser divulgados em julho do próximo ano. A prova tem como objetivo avaliar o nível da educação de base em todo o país.

No editorial de hoje, Padre Antônio Camilo reflete sobre o que pode ser extraído de pesquisas como essa. (escute aqui)

Anúncios

Ouça o que penso

novembro 19, 2011
EDITORIAL: Necessidade de organização e bom senso na quitação de dívidas

Editorial, diariamente às 11h50 no Jornal Boa Nova

Uma pesquisa realizada pela Anefac, Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração e Contabilidade, apontou que, em um universo de 631 consumidores entrevistados, 60% pretendem utilizar o 13° salário no pagamento de dívidas. Apesar dos números preocupantes, 80% dos entrevistados afirmaram que vão recorrer aos cartões de crédito nas suas compras.

No editorial de hoje, Padre Camilo de Paiva fala sobre a necessidade de organização e bom senso na quitação de dívidas. (escute aqui)

Ouça o que penso

novembro 19, 2011
EDITORIAL: Cobertura dada pela imprensa nacional da morte do cinegrafista da Rede Bandeirantes, Gelson Domingos

Editorial, diariamente às 11h50 no Jornal Boa Nova

Na última semana, os telejornais foram inundados pela cobertura da morte do cinegrafista da Rede Bandeirantes de Televisão, Gelson Domingos, em uma operação da Polícia Militar do Rio. As imagens da Câmera manuseada pelo profissional, que não mostram, mas indicam o exato momento em que Gelson é alvejado por uma bala de fuzil foram retransmitidas 210 vezes na televisão aberta.

No editorial de hoje, Padre Camilo comenta a cobertura dada pela imprensa nacional ao caso. (escute aqui)

Folha de Santa Rita: um jornal que evangeliza

novembro 18, 2011

O Jornal Folha de Santa Rita é uma publicação mensal que é entregue gratuitamente a todos devotos. Você já pode pegar o seu na paróquia.

Deus! Vale a pena ler

novembro 17, 2011
Deus
Tempo para Deus
Obs: Só leia se tiver tempo para DEUSQuando Deus tira algo de seu alcance,tipo suas horas extras. Ele não está
punindo-o, mas apenas abrindo suas mãos para receber algo melhor.
Concentre-se nesta frase… “A vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a
Graça de Deus não irá protegê-lo.” Alguma coisa boa vai acontecer com
você hoje, algo que você tem esperado ouvir.. Por favor, não quebre!
Apenas 27 palavras. Deus, nosso Pai, CAMINHE pela minha casa e leve
embora todas as minhas preocupações e doenças, e POR FAVOR, vigia e cura
a minha família em nome de Jesus… AMEM Esta oração é muito poderosa.
Passe essa oração para o máximo de amigos não apenas para 12 pessoas,
mas para todos. Todo mundo precisa de uma benção e agora nesse momento
uma bênção está vindo para você na forma de um novo emprego, uma casa, o
casamento,saúde ou financeiramente. Não faça perguntas. Este é um
teste. Será que Deus está em primeiro lugar na sua vida? Se assim for,
pare o que estiver fazendo e envie a mensagem. Observe o que Ele faz.

Aborto: a morte autoritária

novembro 16, 2011
Bispo brasileiro ganha Prêmio Von Galen por corajosa postura em favor dos bebês em gestação
14 de novembro de 2011 (Notícias Pró-Família) — Bispo Luiz Gonzaga Bergonzini, superior eclesiástico da Diocese de Guarulhos no Estado de São Paulo, Brasil, foi selecionado para receber o Prêmio Von Galen neste ano de Human Life International por seu trabalho corajoso em favor dos bebês em gestação.
Durante a apresentação do prêmio, Raymond De Souza, coordenador de HLI para o Brasil, chamou o Bispo Bergonzini de um “símbolo do padre com uma paixão pelo Evangelho e por Jesus Cristo. Para ele e para a Igreja Católica, a vida deveria ser preservada desde a fertilização até a morte natural”.
O bispo é conhecido por insistir no envolvimento da Igreja no processo político na luta pelo direito à vida, um princípio sustentado pelo Vaticano, mas muitas vezes rejeitado pelos bispos locais.
“Precisamos distinguir entre partidos políticos e política”, o bispo disse. “A Igreja não tem o direito de se envolver na política? A Igreja tem a obrigação de fazer isso! Como cidadão tenho o direito, e como bispo, como cristão, tenho a obrigação de participar da política… Em nosso partido, a cabeça é Jesus Cristo, e nossa arma, nossa lei, é o Evangelho!”
O Prêmio Von Galen leva o nome do bendito Cardeal August Clemens von Galen, da Diocese de Muenster, Alemanha, que lutou abertamente contra as campanhas de eutanásia de Hitler nas décadas de 1930 e 1940. Ele foi beatificado pela Igreja Católica em 2005, no mesmo ano em que o prêmio foi criado pela HLI.
Bergonzini é o segundo brasileiro a ganhar o prêmio. Em 2009, o brasileiro José Cardoso Sobrinho, arcebispo de Olinda e Recife, recebeu o prêmio por sua luta para impedir um aborto realizado nos gêmeos de uma menina menor de idade, de sua diocese, que fora engravidada.
O prêmio foi apresentado pelo Pe. Shenan Boquet, o novo presidente HLI, no Segundo Congresso Internacional pela Verdade e pela Vida realizado em São Paulo, Brasil, no começo deste ano.
Artigos relacionados:
Sobre o bispo Von Galen:
Sobre o congresso pró-vida no Brasil:
Artigo sobre Dom Luiz Gonzaga Bergonzini:
Artigos sobre Dom José Cardoso Sobrinho:
Distribuído por Luiz André Barra Couri – Santos Dumont – Minas Gerais
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.
“Stat crux, dum volvitur orbis!”
“A vida de todos nós é uma responsabilidade, e somos culpados, não somente do mal que fazemos, como do bem que deixamos de fazer.” Elisabeth Leseur
“Pensamos ser fácil viver na esperança. Mas só esperam aqueles que tem a coragem de se desesperar das ilusões e das mentiras, onde encontravam uma segurança que, falsamente, lhes parecia ser a esperança.” Georges Bernanos
“La verdad es lo que es y sigue siendo verdade aunque se piense al revés.” Antonio Machado

Este cara é um infeliz

novembro 15, 2011
Vamos unos unir e divulgar esta mensagem. Esse cara não lesar os cristãos deste pais. Divulgue a foto deste monstro espiritual.
Como Deus é amor, que Ele abençõe a vida desse rapaz…
Thaise Januário
Deus é perfeito e não erra … Deus é amor … não falhará!!
Ta vendo esse infeliz ai em baixo! ↓
Então esse INFELIZ aí e dono dessa comunidade 
# Repasse , precisa de mais de 1500 denúncias para essa comunidade ser excluida!!
Então Repasse . Lembrando que se não fosse por Jesus, a gente não estaria aqui…

Bolsa familia

novembro 15, 2011

Metade das vagas no ensino superior do país sobrou em 2010

novembro 14, 2011

No ano passado, quase metade (49%) das vagas de ingresso para novos alunos oferecidas pelas universidades, centros universitários e faculdades do país não foi preenchida.

Segundo dados do Censo da Educação Superior de 2010, divulgado nesta semana pelo MEC (Ministério da Educação), as 2.377 instituições de ensino superior disponibilizaram 3.120.192 vagas em seus processos seletivos, mas o número de ingressos registrados foi de 1.590.212.

De 1,5 milhão de oportunidades de acesso não preenchidas em 2010, a maioria era de estabelecimentos particulares. Ainda assim, sobraram 36 mil vagas em instituições públicas, especialmente nas municipais. O secretário de Ensino Superior do MEC, Luiz Cláudio Costa, reconhece que é preciso melhorar o aproveitamento das vagas das instituições que não são federais.

“As instituições municipais passam por algumas dificuldades. Estamos elaborando um programa para que a gente possa apoiar as instituições públicas que não são federais e passam por dificuldades de financiamento ou infraestrutura. Com esses problemas, às vezes elas têm dificuldades para atrair o estudante”, explica Costa.

Sobre a ociosidade das vagas do sistema de ensino como um todo, ele avalia que é positivo que haja um grande número de vagas disponíveis. “É bom que o Brasil tenha um grande número de vagas porque ele está preparado para a expansão”, defende.

Para a Abmes (Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior), representante do setor privado, a explicação para a grande quantidade de vagas sobrando é que parte das instituições solicita ao MEC autorização para um número maior de vagas do que pretende de fato preencher.

Isso ocorre especialmente no caso das faculdades que não têm autonomia para abrir novas vagas e inflam esse número para não ter que solicitar outra autorização ao ministério caso queiram ampliar a oferta.

“Isso é normal. Não é um fato negativo, nem diferenciado. Temos que aprofundar essa análise para saber em que cursos e onde isso está acontecendo. A oferta não é preenchida porque o aluno não aceita essas vagas por diferentes razões”, avalia Gabriel Rodrigues, presidente da entidade. Na avaliação dele, é preciso que o sistema de ensino superior adeque a oferta às necessidades de mão de obra do país e às demandas dos estudantes.

“Essa é uma abordagem diferente dos anos anteriores. A realidade está mostrando que esse planejamento [do atendimento] precisa ser feito com mais critério, a oferta não pode ser espontânea se não atender às necessidades reais das diversas regiões”, disse.

Em termos absolutos, é na região Sudeste que sobram mais vagas de ingresso: 886 mil, de 1,6 milhão disponíveis, a maior oferta do país. Mas é no Centro-Oeste que há a maior proporção de vagas não preenchidas, 53%. Já as instituições do Norte têm melhor aproveitamento: 63% das vagas foram ocupadas em 2010.

Entre as diferentes áreas de formação, o percentual de vagas ociosas varia de 30%, nos cursos ligados às atividades de agricultura e veterinária, a 60% nos de serviços, que incluem graduações como hotelaria, turismo e gastronomia.

Além da falta de interesse dos estudantes por determinado área de formação ou instituição, muitas vezes o que os afasta dos bancos universitários é o custo elevado das mensalidades.

Programas do MEC como o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) e o Prouni (Programa Universidade para Todos), que dão oportunidade aos alunos de baixa renda para estudar em instituições privadas, poderiam melhorar essa ocupação das vagas, que ainda são subutilizados pelo público-alvo.

“Acho que temos um potencial muito maior [de atendimento] no Fies, isso é verdade. Estamos trabalhando muito para que ele possa ser cada vez mais utilizado pelos estudantes e pelas instituições. Com o Prouni e o Fies, temos certeza que vamos conseguir que todo aluno que queira estudar numa instituição privada tenha condições de fazer isso”, diz Luiz Cláudio Costa.

Fonte: Folha de São Paulo

Exploração de pobres por igrejas fere o Estado laico, afirma juiz

novembro 12, 2011

As igrejas que se enriquecem explorando os pobres com a cobrança de dízimo exagerado representam um desrespeito ao artigo 19 da Constituição, que determina a laicidade do Estado. A afirmação é do juiz federal Rodrigo Zacharias.

Em artigo para o jornal Comércio de Jahu, da cidade de Jaú (SP), onde tem jurisdição, Zacharias acusou o poder público de ser conivente com a “usurpação do Estado laico pela religião”.

No caso do dízimo, ele não especificou nenhuma igreja, mas são as evangélicas pentecostais que mais têm se aproveitado da crença dos mais pobres para acumular fortunas para seus líderes, sem que as autoridades nada façam, incluindo as do Ministério Público.

No entendimento do juiz, a imunidade dessas igrejas perante ao poder estabelecido é “injustificável”.

Fonte: Site evangélico