Archive for the ‘Catequese QUARESMAL’ Category

Silêncio quaresmal

março 10, 2011

A Quaresma é tempo de silêncio. O Deserto representa esse lugar, onde as pessoas podem encontra-se com elas mesmas e com Deus. Que neste tempo de Graça você possa falar com Deus. Assista este vídeo como motivação pea a sua Quaresma. Foi-me enviado por um amigo.

Anúncios

Quaresma

março 10, 2011

A palavra Quaresma remete nos remete ao número quarenta. No caso, a Quaresma significa os quarenta dias que preparam a Páscoa do senhor. Então, a Quaresma começa na Quarta-feira de Cinzas e vai até a Quinta-feira Santa, quando começa o Tríduo Pascal.

A Quaresma tem seu fundamento na Bíblia Sagrada. Remonta a tempos bem antigos. Lembra os quarenta dias e quarenta noites, de chuva do tempo do dilúvio. Ali, a humanidade pecadora foi re-criada. O número quarenta lembra os quarenta anos da libertação do povo de Deus do Egito. Basta ler o livro do Êxodo para você entender o que estamos falando.

A Quaresma lembra os quarenta dias em que Jesus passou no deserto, sem comer e sem beber água, preparando para sua missão salvadora.

A Quaresma é tempo de libertação, de conversão, de arrependimento, caridade, jejum, abstinência e esmola. È tempo de se confessar, de fazer as pazes com quem não combinamos, de parar de fumar, de beber, etc.

Neste ano que a Campanha de Fraternidade celebra o cuidado com a natureza, a Quaresma tem um sentido de educação. Não devemos jogar lixo na rua, devemos nos educar para a coleta seletiva e estar por dentro do que significa o desmatamento da Amazônia, do mal que as queimadas fazem e do grande homicídio que é a poluição dos rios e a caça predatória.

Ser Igreja e ser evangelizado significa amar a Deus e a natureza, a vida. Enfim tudo vem de Deus. Somos administradores dos bens de Deus.

Boa Quaresma!

Reflexão do dia: Quaresma e as obras de Misericórdia

março 2, 2010

Uma nossa leitora disse que uma pessoa disse a ela que a “Quaresma não existe mais não”. Eu fico indignado como tem gente ignorante, assim, neste mundo. A Quaresma recorda os quarenta dias que Jesus passou no deserto. Como eu disse RECORDA. Teve um fato concreto: Jesus ficou quarenta dias no deserto. Nós recordamos esse fato, dando um significado concreto a ele que são o Jejum, a esmola e a Oração. Bem, se é recordação nunca acaba. Tanto assim, que a Igreja, ensina seus filhos a potencializar, ainda mais a Quaresma através das obras de misericórdia corporal e espiritual. Então, isso quer dizer que podemos tirar maior proveito deste tempo, para desenvolver, ainda mais, nossa condição de filhos de Deus. A Quaresma serve para nosso crescimento como pessoa, como profissional, amigo, enfim, nos tornarmos a cada dia melhores.

Neste sentido, as obras de misericórdias são exercícios espirituais e físicos que nos servem tanto… Por exemplo, para desenvolver e dominar as pulsões do corpo, tem sete obras de misericórdia corporal: dar de comer os famintos; dar de beber os que tem sede; vestir os nus; abrigar os peregrinos; visitar os doentes; visitar os presos; e sepultar os mortos. No confronto com a miséria humana, aprendemos e tiramos uma lição de vida. Muitas vezes desperdiçamos o nosso tempo reclamando da vida, falando dos outros. As obras de misericórdia corporal, nos faz dar conta do quanto reclamos injustamente.

As obras de misericórdia espiritual, nos faz sábios e maduros. Dar conselhos aos que tem duvidas; ensinar os ignorantes; dar um alerta aos pecadores; perdoar as ofensas; suportar pacientemente as pessoas chatas e cansativas; rezar pelos vivos e pelos mortos.

Observe que Quaresma é um caminho espiritual que leva a pessoa a um crescimento interior. Viver a quaresma é investir em si mesmo. A Quaresma não passou e nem nunca passara porque é o caminho de Deus para a cura interior.

Com amizade,

pe.Camilo

Reflexão do Dia: Ser bom é a essência dos filhos de Deus

fevereiro 24, 2010

Hoje convido você a refletir sobre a Esmola. Então, só pré recapitular: Jesus no Evangelho diz que a Quaresma dá frutos na vida interior das pessoas através do Jejum, da Oração e da Esmola. Mas a quem dar Esmola? Aos pobres. Mas quem são os pobres? Aqui a resposta não é simples. Temos a idéia de que pobres são apenas os que não tem o que comer, onde morar, etc. Mas pobres no sentido bíblico da palavra é muito mais amplo. É isso que quero meditar com você.

Comecemos pelo pobre material. Aquela pessoa que não tem o que comer, não tem dinheiro para comprar remédio, para comprar roupas, colocar os filhos na escola, não tem casa direito para morar. Enfim, aquela pessoa que falta tudo. O tempo Quaresmal, através da proposta da esmola, estimula a mim e a você a descobrir, na nossa comunidade, quem são estes pobres e a ajuda-los.

Mas isso até o ateu faz. Ajudar pobres, quase todo mundo ajuda. Aliás ajuda até sem conhecer. Em todo mundo foi feito coletas para o povo do terremoto do Haiti. Mas onde está o segredo da Esmola quaresmal? O segredo é este: não é pobre somente aquele que falta coisas materiais não. O homem não tem só necessidade não. Então, podemos concluir que existem vários tipos de pobres: pobre material, pobre de saúde, pobre de afeto, pobre de escutar uma palavra amiga, pobre de presença, pobre de formação espiritual.

Esta chave de leitura da pobreza, ajuda você a fazer a pratica da esmola, mesmo quando você naquele momento não tem dinheiro no bolso. Visitar o asilo na quaresma é uma Esmola afetiva, uma Esmola de palavra amiga. Receber Esmola não é humilhação não. Aquele que dá uma esmola deve fazer com que aquele que recebe a esmola sinta-se amado e não simplesmente ajudado. Olha, neste período que estou fora do Brasil cada pessoa que me passou um e-mail (foram muitíssimas) ou telefonou, me deu uma esmola afetiva, de palavra amiga e carinho. Digo isso com orgulho. Receber Esmola deve desencadear no peito daquele que a recebe o sentimento de que é amado.

As pessoas não têm necessidade só de dinheiro não. Às vezes uma pessoa pobre, materialmente, precisa mais de sua palavra do que do seu real. “Gastar” tempo com as pessoas é uma Esmola, mesmo quando esta pessoa é seu filho bom ou problemático, seus pais velhinhos, etc.

A particularidade da Quaresma é que a Esmola não é entendida no sentido de apenas dar alguma coisa a quem precisa. A Esmola no sentido quaresmal é um ato de amor. É sofrer com. É assumir  o outro como seu irmão, seu semelhante. Somente dá Esmola, nesse sentido que eu disse, quem é bom. Em poucas palavras, dá Esmola quem vê no rosto do que precisa o semblante de Cristo.

De Roma,

p. Camilo

Reflexão do Dia: As Pessoas têm sede de Deus

fevereiro 22, 2010

As pessoas têm sede de Deus e buscam alimentar suas almas com uma palavra seria e profunda. A Igreja Católica – a única Igreja fundada por Jesus Cristo – tem essa palavra e ainda oferece um tempo litúrgico (Quaresma) para que o crente possa viver na raiz, essa experiencia espiritual.

Através do Jejum, a Igreja convida os crentes a mortificar o orgulho, a indiferença a quem precisa de nós. O Jejum não é somente de comida, mas também de palavras, de televisão, de diversão, de cigarro e bebidas, etc. Temos que notar que a Quaresma não é apenas uma pratica ritual, mas é antes de tudo crescimento espiritual. O Jejum não é somente um costume, mas uma cura das inclinações desordenadas, dos descontroles, dos vícios e um aguçar da sensibilidade aos problemas dos outros, sobretudo dos pobres.

A Oração é um diálogo com Deus. Não è fazer como os protestantes que gritam, urram e enchem a paciência dos outros, pensando que Deus é surdo. Mas é ser sereno e recordar a Deus que você o ama e contar a historia da sua família a Ele. È fazer uma autocrítica diante de Deus. Por isso nossas Igrejas têm a Capela do Santíssimo. Lá, você tem a oportunidade de passar sua vida a limpo. Seja você mesmo o seu juiz.

O silencio quaresmal – através da abstinência da musica, da novela, da verborragia – fará você se sentir como uma arvore sem folhas e então será capaz de pensar a sua vida, seus sucessos e seus fracassos; você será capaz de lembrar os desaforos que você levou para casa e assim, será capaz de medir sua capacidade de perdão; você recordará dos desaforos que você contou a alguém e então terá a liberdade interior de ir atrás da pessoa e pedir perdão ou desculpas.

O silencio te ajuda a ser você mesmo. Musicas, rádio, televisão, bailes e diversões distraem nossa atenção sobre tantas coisas e não somos capazes de investir em nos mesmos. A Quaresma é este tempo de conhecer nossas raízes e, também, as raízes dos nossos males. É tempo de curar a nos mesmos. O Jejum e a Oração é para no nosso crescimento, para o nosso bem.

Com minhas bênçãos,

de Roma,

p. Camilo