Archive for the ‘Curso sobre os 7 Sacramentos’ Category

Curso de Batismo

outubro 24, 2009

O Batismo de Crianças e o Batismo de Adultos

Antes de mais nada, gostaria de lembrar que um curso seja ele para o Batismo, seja para o matrimonio, sao sempre uma catequese que nao termina ali, mas tambem nao comeca ali. Ja comecou antes, quando les entenderam a necessidade de pedir `a Igreja aquele Sacramento. Por exemplo quem pede o Batismo do filho nao e’ um ignorante. Pode nao saber tudo, mas tem a consciencia que aquilo que ele pede e’ para o bem, do seu filho. Portanto nao e’ um ignorante e deve ser tratado, com muito respeito e gentileza, por parte dos agentes do Batismo.

E’ preciso tirar de nosso coracao a fantasia de que o povo nao sabe nada. O povo sabe sim! O que podemos dizer e’ que as coisas nao sao muito claras e, por isso, a Santa Igreja, atraves dos agentes de pastorais, oferece cursos para aprofundar a fe e, clarear, aquilo que ainda e’ confuso.

Os cursos de preparacao para os Sacramentos devem ser momentos especiais, de motivacao pra se viver a fe e nao licao de moral ou sermoes moralistas. Isso dito, passo a algumas sugestoes para o curso de Batismo.

Um bom modo de iniciar um curso de Batismo e’ explicar o que e’ um Sacramento. Esta ai a primeira licao.

O que é um sacramento?

Procuremos, em primeiro lugar, compreender bem o que é um sacramento, donde vem e para que serve. Esta simples noção fará cair já a maior parte das objeções, como, perante a exposição clara da verdade, dissipam-se todos os erros. O catecismo diz que “sacramento é um sinal sensível, instituído por Nosso Senhor Jesus Cristo, para produzir a graça em nossas almas e santificá-las.” 1o. O batismo é o nascimento da graça 2o. A crisma é o desenvolvimento da graça 3o. A eucaristia é o alimento da alma 4o. A penitência é a cura das fraquezas da alma 5o. A extrema-unção é o restabelecimento das forças espirituais 6o. A ordem gera a autoridade sacerdotal 7o. O matrimônio assegura a propagação dos católicos e das suas doutrinas.

Por ai voce ja viu que precisa prepara em casa tendo em maos a Biblia Sagrada e o Catecismo da Igreja catolica. Sem isso seu ensino fica morto fraca. Ao menos a Biblia os pais e padrinhos devem usar durante a preparacao. E’ inclusive uma boa oportunidade para ensina-los como usar a Biblia no dia a dia. Certo?

O Batismo: Voce vai tocar os pontos criticos de duvidas que o povo tem, mas com a Biblia na mao. Portanto aconselho que voce va para o encontro com as citacoes em um caderno e ja grifada na sua Biblia de modo a nao se perder na hora do encontro. No encontro voce vai explicar aos cursistas e ajudalos a marcar as passagens na Biblia deles, para eles nunca esquecerem. Pode ate escrever do lado da passagem, na Biblia Batismo.

Sua instituição e preceito estão positivamente marcados nos seguintes textos: “Em verdade vos digo, disse Jesus a Nicodemos, quem não renascer da água e do Espírito Santo, não pode entrar no reino de Deus” (Jo 3, 5). “Ide, ensinai todas as gentes, disse Jesus a seus discípulos, batizando-as, em nome do Padre, e do Filho e do Espírito Santo” (Mt 28,19). “O que crer e for batizado, será salvo“, promete o Salvador (Mc 16, 61). “Recebe o batismo e lava os teus pecados“, disse Ananias a Saulo (At 22, 16). Os Apóstolos administravam o batismo a todos os que desejavam alistar-se na religião nova. Três mil pessoas receberam o batismo das mãos de S. Pedro, no dia de pentecostes (At 2, 38-41).

Primeiramente, nem tudo está na Bíblia, como afirma S. João: “Há ainda muitas coisas feitas por Jesus, as quais, se se escrevessem uma por uma, creio que este mundo não poderia conter os livros que se deveriam escrever” (Jo 21,25). Ou seja, o fato de não estar na Bíblia não prova que não se deva batizar crianças. A pergunta deveria ser inversa: Onde estão as provas bíblicas para a afirmação de que apenas os adultos devem ser batizados? Agora vamos sanar as duvidas. a mais constante e’ a que se segue. Nossos pais trabalham com os pentecostais que colocam “minhoca e grilos” na cabeca deles, entao temos que fundamentar bem este ensino. Biblia na mao, vamos la!

Agora, vamos provar que Deus deseja o batismo das crianças. A Sagrada Escritura menciona vários personagens pagãos que professaram a fé cristã e se fizeram batizar “com toda a sua casa“. Assim o centurião romano Cornélio (At 10, 1s.24.44.47s), a negociante Lídia de Filipos (At 16, 14s), o carcereiro de Filipos (At 16, 31033), Crispo de Corinto (At 18, 8), a família de Estéfanas (1Cor 1, 16). A expressão “casa” (”domus“, em latim; “oikos“, em grego) tinha sentido amplo e enfático na Antigüidade: designava o chefe de família com todos os seus domésticos, inclusive as crianças (que geralmente não faltavam). Desde o início da Igreja, os apóstolos batizavam os recém-nascidos. Assim se expressa Orígenes (185 – 255): “A Igreja recebeu dos Apóstolos a tradição de dar batismo também aos recém-nascidos“. (Epist. ad Rom. Livro 5, 9). E S. Cipriano, em 258, escreve: “Do batismo e da graça não devemos afastar as crianças“. (Carta a Fido). Santo Irineu, que viveu entre 140 a 204, afirma: “Jesus veio salvar a todos os que através dele nasceram de novo de Deus: os recém-nascidos, os meninos, os jovens e os velhos“. (Adv. Haer. livro 2) Na “Nova e Eterna Aliança“, o batismo substitui a circuncisão da “Antiga Aliança“, como rito de entrada para o povo escolhido de Deus. Ora, se o próprio Deus ordenou a Abraão circuncidar os meninos já no 8o dia depois do nascimento, sem exigir deles uma fé adulta e livre escolha, então não seria lógico recusar o batismo às crianças dos pais cristãos, por causa de tais exigências. O manual dos Apóstolos, também conhecido como ‘didaqué’, prescreve o batismo para crianças. Ou seja, era costume dos apóstolos batizarem as crianças, segundo a importância que é o sacramento do “Batismo”, pois “quem não renascer da água e do Espírito Santo, não pode entrar no Reino de Deus“. Os pais são responsáveis perante Deus pelo sustento, proteção, educação, amparo etc de seus filhos, quanto mais seriam pelo bem espiritual.

Eis uma licao ou mais de preparacao para o Batismo. Temos que ter calma, sem pressa. O importante e’ as pessoas aprenderem. Meu amigo lembre-se que a catequese e’ permante. Estamos ensinando e aprendendo. Trat bem essas pessoas e prepare encontros gostosos de se fazer.

Obs: Esse estudo e’ uma resposta a um de nossos leitores que, por e-mail me pediu sugestao para o curso de Batimo. Eu coloco aqui no blog pra todos.

Fonte de pesquisa: http://jamarques2008.blogcatolico.com.br/