Archive for fevereiro \28\UTC 2010

Reflexao do Dia: E’ preciso deixar cair as folhas do egoismo e do pecado

fevereiro 28, 2010

Caro leitor, neste tempo de Queresma somos convidados a fezer um exame de consciencia e descobrir nossas fraquezas. Fraquezas espirituais, psicologicas e afetivas. E’ hora de conhecer voce mesmo. Fazer uma viagem dentro do seu Eu e fazer uma autocritica. Sugiro que voce leia o Salmo 50 e faca uma faxina na sua vida pessoal. Deus te ama muito e te quer limpo, com o perfume do arrependimento. Boa oracao!

Salmos, 50

Tende piedade de mim, Senhor, segundo a vossa bondade. E conforme a imensidade de vossa misericórdia, apagai a minha iniqüidade.  

Lavai-me totalmente de minha falta, e purificai-me de meu pecado.  

Eu reconheço a minha iniqüidade, diante de mim está sempre o meu pecado.  

Só contra vós pequei, o que é mau fiz diante de vós. Vossa sentença assim se manifesta justa, e reto o vosso julgamento.  

Eis que nasci na culpa, minha mãe concebeu-me no pecado.  

Não obstante, amais a sinceridade de coração. Infundi-me, pois, a sabedoria no mais íntimo de mim.   

Aspergi-me com um ramo de hissope e ficarei puro. Lavai-me e me tornarei mais branco do que a neve.   

Fazei-me ouvir uma palavra de gozo e de alegria, para que exultem os ossos que triturastes.   

Dos meus pecados desviai os olhos, e minhas culpas todas apagai.   

 Ó meu Deus, criai em mim um coração puro, e renovai-me o espírito de firmeza.   

De vossa face não me rejeiteis, e nem me priveis de vosso santo Espírito.   

Restituí-me a alegria da salvação, e sustentai-me com uma vontade generosa.    Então aos maus ensinarei vossos caminhos, e voltarão a vós os pecadores.   

Deus, ó Deus, meu salvador, livrai-me da pena desse sangue derramado, e a vossa misericórdia a minha língua exaltará.   

Senhor, abri meus lábios, a fim de que minha boca anuncie vossos louvores.   

Vós não vos aplacais com sacrifícios rituais; e se eu vos ofertasse um sacrifício, não o aceitaríeis.   

Meu sacrifício, ó Senhor, é um espírito contrito, um coração arrependido e humilhado, ó Deus, que não haveis de desprezar.   

Senhor, pela vossa bondade, tratai Sião com benevolência, reconstruí os muros de Jerusalém.  

Então aceitareis os sacrifícios prescritos, as oferendas e os holocaustos; e sobre vosso altar vítimas vos serão oferecidas. 

Anúncios

Tostão, ex-jogador de futebol, marca seu maior gol

fevereiro 26, 2010

O gol que o Tostão acabou de marcar foi o maior da sua carreira. Parabéns. 25/09/09 – 18h – Presidente Lula define prêmio para Jogadores que venceram a Copa do Mundo; valor pode chegar a 465 mil reais O presidente Lula e a Associação dos Campeões Mundiais do Brasil negociam aposentadoria e indenização para os atletas da seleção que Ganharam Copas do Mundo. O benefício valerá inicialmente aos ex-jogadores de 1958 e se estenderá, posteriormente, a quem atuou nos Mundiais de 1962, 1970, 1994 e 2002. Reunião na Casa Civil discutiu as cifras a serem pagas aos campeões. Inicialmente, o valor negociado para cada um gira em torno de mil salários mínimos, no caso da indenização (465 mil reais), e de dez salários mínimos 4.650 reais), o teto da Previdência, para a aposentadoria. A expectativa é que o anúncio da nova medida seja feito pelo governo na próxima semana. O texto abaixo foi escrito por TOSTÃO, ex-jogador de Futebol, comentarista esportivo, escritor e médico, e foi publicado em vários jornais do Brasil: Tostão escreveu:- Na semana passada, ao chegar de férias, soube, sem ainda saber detalhes, que o governo federal vai premiar, com um pouco mais de R$ 400 mil, cada um dos campeões do mundo, pelo Brasil, em todas as Copas. Não há razão para isso. Podem tirar meu nome da lista, mesmo sabendo que preciso trabalhar durante anos para ganhar essa quantia. O governo não pode distribuir dinheiro público. Se fosse assim, os campeões de outros esportes teriam o mesmo direito. E os atletas que não foram campeões do mundo, mas que lutaram da mesma forma? Além disso, todos os campeões foram premiados pelos títulos. Após a Copa de 1970, recebemos um bom dinheiro, de acordo com os valores de referência da época.. O que precisa ser feito pelo governo, CBF e clubes por onde atuaram esses atletas é ajudar os que passam por grandes dificuldades, além de criar e aprimorar leis de proteção aos jogadores e suas famílias, como pensões e aposentadorias. É necessário ainda preparar os atletas em atividade para o futuro, para terem condições técnicas e emocionais de exercer outras atividades. A vida é curta, e a dos atletas, mais ainda. Alguns vão lembrar e criticar que recebi, junto com os campeões de 1970, um carro Fusca da prefeitura de São Paulo . Na época, o prefeito era Paulo Maluf. Se tivesse a consciência que tenho hoje, não aceitaria. Tinha 23 anos, estava eufórico e achava que era uma grande homenagem. Ainda bem que a justiça obrigou o prefeito a devolver aos Cofres públicos, com o próprio dinheiro, o valor para a compra dos carros. Não foi o único erro que cometi na vida. Sou apenas um Cidadão que tenta ser justo e correto. É minha obrigação.

Tostão

Fonte: César Silveira – Mercês de Água Limpa

Reflexao do dia: A Italiana que o mundo inteiro ama.

fevereiro 26, 2010

Ontem dia 26 de Fevereiro (2010), tive o prazer de visitar o Santuário de Santa Rita de Cassia, na Itália, onde vivo, a mais de três anos. Muitas coisas me chamaram a atenção, mas uma em especial: O Espírito de Oração. Fiz uma boa confissão quaresmal e concelebrei a Missa do meio dia, na capela onde foi sepultada Santa Rita. Uma capela pequena, mas muito aconchegante. Esta capela é conexa à Basílica, que só veio ser construída mais tarde. Porém é toda coligada, ou seja, da Basílica – por uma porta – se entra na Capela antiga, onde se tem missa nos dias de semana. Foi ali que eu celebrei ontem (observe a foto acima).

A historia de Santa Rita na minha vida é no mínimo intrigante. Na minha primeira Paroquia – Santuário do Senhor Bom Jesus do Livramento, em Liberdade – um senhor havia doado um terreno para a construção de uma Igreja dedicada a Santa Rita. Na época o padre aceitou a doação do terreno, mas não tomou providencias. Então a prefeitura de Liberdade queria fazer uma praça no terreno ou um canteiro de flores ou coisa do género. Então eu entrei em campo para reaver o terreno. Com o apoio de dois prefeitos – o que saiu no final de 1996 e o que entrou em 1997 – e u e meu grande amigo, de saudosa memoria, João Carreiro, partimos em um dia de manha para a cidade de Caxambu para falarmos com o senhor que havia doado o terrenos e que já não era mais católico, para sustentar diante do Juiz que doou o terreno à Igreja. Esse senhor que era Irmão de sangue do Sr. João Carreiro, nos recebeu muito bem e nos deu sua palavra. Na época o Juiz de Andrelandia deu causa ganha para a Igreja.

Em Janeiro de 1998 tomei posse na Paroquia de São Miguel e Almas em Santos Dumont. Lá fundei a primeira comunidade da minha vida de padre e foi dedicada a Santa Rita. Assim fizemos uma belíssima Igreja de Santa Rita com material de primeira. Foi também a primeira Igreja que administrei a construção.

Agora o bispo me nomeou pároco da Paroquia de Santa Rita em Juiz de Fora. Isso tudo é graça de Deus. Vejo nisso tudo um sinal, por isso quis visita-la em sua Igreja original e fui muito bem recebido pelos padres e irmãs (monjas) agostinianos (as). Assinei a revista de Santa Rita, para receber ai no Brasil, direto da Itália, as informações.

Que Santa Rita nos abençoe!

Em breve publicarei um livro sobre Santa Rita. Aguardem!

De Roma,

Pe. Camilo

Reflexao do Dia: Aparência externa

fevereiro 25, 2010

Estamos no caminho em direção da Páscoa. É um trajeto de muitas provas e de tentações, mas também de fidelidade a algum objetivo claro que deve transparecer aos olhos do mundo. O principal é a construção de uma cultura de fraternidade, apostando nos princípios reais da justiça.

O caminho da solidariedade supõe denúncia de tudo aquilo que ameaça e viola a dignidade e os direitos individuais justos. O que deve estar em jogo é o respeito pela vida de todas as pessoas. Vida feliz, com todas as condições para sua dignidade e realização.

A pessoa transfigurada na sua fé normalmente é comprometida com a prática da transformação. É a perspectiva da mudança de uma sociedade egoísta para uma cultura de fraternidade, de passagem da morte para a vida.

Muitas pessoas têm rostos desfigurados, consequência da miséria, da desigualdade e da exclusão. Mas isto precisa ser transformado em vida nova, no sentido da Páscoa, como passagem para condições mais saudáveis.

A aparência externa pode, às vezes, revelar a identidade interior. Na nova cultura é fundamental uma mudança na política, na econômica, na cultural e na prática religiosa, uma mudança radical para nos identificarmos com o Deus da vida.

O ideal da Campanha da Fraternidade é possibilitar a transfiguração daqueles que vivem desfigurados, não podendo participar da fraternidade e liberdade dos filhos de Deus. Para isto, temos que superar a cultura de ilusão e de irresponsabilidade, numa economia que não favorece as pessoas.

O mundo precisa assumir com determinação o sofrimento das pessoas que são pisadas e oprimidas pela nova cultura, colocando a economia a serviço da vida, direcionando com critério os bens da natureza que são destinados para a realização de todos.

Não podemos deixar que o nosso fim seja a perdição, o nosso deus seja o ventre, a nossa glória seja o que é vergonhoso. Como consequência disto, o nosso fim poderá ser a perdição, nos dizeres da Carta de Paulo aos Filipenses. O importante é estar firmes no Senhor como orienta a Quaresma.

Dom Paulo Mendes Peixoto

Fonte: Site CNBB

Share/Save/Bookmark

Pastoral do Batismo

fevereiro 25, 2010

A PASTORAL DO BATISMO

Respondendo a muitas perguntas dos leitores, queremos brindar voce com este artigo que tem como fonto o Site da Arquidocese do Rio de Janeiro. Serve a todos os catequistas e o povo de Deus em geral.

O QUE É?
Grupo de agentes que prepara os pais e padrinhos de crianças com até sete anos para que possam receber o primeiro Sacramento da Iniciação Cristã.

QUAL O OBJETIVO?
Evangelizar pais e padrinhos visando sua vivência religiosa, fazendo com que percebam a importância deste Sacramento e para que possam transmitir a fé cristã a seus filhos e afilhados.

COMO?
Primeiro sendo acolhedores. através de encontros periódicos, refletir sobre o compromisso do batizado junto à comunidade, procurando resgatar o vínculo desta família através do contato contínuo, direcionando-os a outros grupos e serviços ao longo de suas vidas, como a Pastoral Familiar, por exemplo.

Reflexao do Dia: Bencao do Santo Padre aos brasileiros e portugueses

fevereiro 24, 2010

Hoje quero, de modo muito especial, deixar como mensagem a voce a bencao do Santo Padre as familias bresileiras e portuguesas. Neste tempo quaresmal o Santo Padre fala de caridade e de Verdade. Cristo e’ a Verdade. O Evangelho nos diz: “conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertara”. Nas palavras de Santo Ambrosio, bispo de Milao, no dialogo com  Agostino quando ainda era pagao disse: “Agostinho a Verdade e’ uma pessoa – e’ Cristo. Nao e’ o homem quem busca a Verdade, mas e’ ela que vem ao Encontro do homem. Nesta Queresma, se deixe encontrar por esta verdade que e’ Cristo.  Faca un Clik neste endereco e escute o Papa falando em Portugues:

 http://www.webtvcn.com/player/v2.FR.swf?id=111735

Meu avo dizia: Os dentes sao como um colar de Marfin que temos na boca.

fevereiro 24, 2010

Meu amigo quero que voce leia mais esta materia sobre a higiene bucal. E’ muito importate ter uma boca bonita. Boca bonita e’ sinonimo de dentes tratados. Leia com atencao e veja como e’ facil cuidar do seu sorriso e sua simpatia.

A Importância da Utilização dos Enxaguatórios Bucais

A cárie dentária e doenças gengivais são causadas principalmente pela placa bacteriana que nada mais é do que uma película esbranquiçada que adere-se às superfícies dos dentes e é formada principalmente por bactérias e restos alimentares.

 Se a placa bacteriana não for removida ela se calcifica formando o tártaro.

 Portanto, uma boa higiene bucal é muito importante para evitar o surgimento da cárie dentária e problemas gengivais.

 A higiene bucal deve ser feita utilizando escovas dentárias com cerdas macias e pontas arredondadas, e um creme dental que contenha flúor. É importante realizar a técnica de escovação dentária correta e realizar movimentos suaves para evitar ferimento nas gengivas.

 Complementando a escovação dentária, deverá ser utilizado o fio dental e o enxaguatório bucal com flúor.

 O enxaguatório bucal com flúor é muito importante principalmente à noite, pois é nesse período que as bactérias se tornam oportunistas e atacam a superfícies dos dentes causando cárie dentária e problemas gengivais.

 Os benefícios dos enxaguatórios são muitos, dentre os quais podemos destacar: ajudam a eliminar as bactérias que causam a gengivite, a placa bacteriana, o mau hálito e a cárie dentária, atuando onde a escova dentária não alcança, pois permanece por mais tempo na boca uma vez que não enxaguamos a boca após a utilização.

 Existem diversos enxaguatórios bucais no mercado com diversas formulações e diversos sabores, mas é importante que o mesmo contenha flúor para ajudar a reduzir o risco de cárie dentária.

 É importante que, em caso de dúvidas, seu dentista seja consultado para que ele possa esclarecê-las e indicar o enxaguatório bucal ideal para o seu caso.

 Portanto, não se esqueça que o enxaguatório bucal é um complemento importante da sua escovação dentária diária, devendo ser utilizado pelo menos uma vez ao dia.

 Fonte: Site Yahoo

Reflexão do Dia: Ser bom é a essência dos filhos de Deus

fevereiro 24, 2010

Hoje convido você a refletir sobre a Esmola. Então, só pré recapitular: Jesus no Evangelho diz que a Quaresma dá frutos na vida interior das pessoas através do Jejum, da Oração e da Esmola. Mas a quem dar Esmola? Aos pobres. Mas quem são os pobres? Aqui a resposta não é simples. Temos a idéia de que pobres são apenas os que não tem o que comer, onde morar, etc. Mas pobres no sentido bíblico da palavra é muito mais amplo. É isso que quero meditar com você.

Comecemos pelo pobre material. Aquela pessoa que não tem o que comer, não tem dinheiro para comprar remédio, para comprar roupas, colocar os filhos na escola, não tem casa direito para morar. Enfim, aquela pessoa que falta tudo. O tempo Quaresmal, através da proposta da esmola, estimula a mim e a você a descobrir, na nossa comunidade, quem são estes pobres e a ajuda-los.

Mas isso até o ateu faz. Ajudar pobres, quase todo mundo ajuda. Aliás ajuda até sem conhecer. Em todo mundo foi feito coletas para o povo do terremoto do Haiti. Mas onde está o segredo da Esmola quaresmal? O segredo é este: não é pobre somente aquele que falta coisas materiais não. O homem não tem só necessidade não. Então, podemos concluir que existem vários tipos de pobres: pobre material, pobre de saúde, pobre de afeto, pobre de escutar uma palavra amiga, pobre de presença, pobre de formação espiritual.

Esta chave de leitura da pobreza, ajuda você a fazer a pratica da esmola, mesmo quando você naquele momento não tem dinheiro no bolso. Visitar o asilo na quaresma é uma Esmola afetiva, uma Esmola de palavra amiga. Receber Esmola não é humilhação não. Aquele que dá uma esmola deve fazer com que aquele que recebe a esmola sinta-se amado e não simplesmente ajudado. Olha, neste período que estou fora do Brasil cada pessoa que me passou um e-mail (foram muitíssimas) ou telefonou, me deu uma esmola afetiva, de palavra amiga e carinho. Digo isso com orgulho. Receber Esmola deve desencadear no peito daquele que a recebe o sentimento de que é amado.

As pessoas não têm necessidade só de dinheiro não. Às vezes uma pessoa pobre, materialmente, precisa mais de sua palavra do que do seu real. “Gastar” tempo com as pessoas é uma Esmola, mesmo quando esta pessoa é seu filho bom ou problemático, seus pais velhinhos, etc.

A particularidade da Quaresma é que a Esmola não é entendida no sentido de apenas dar alguma coisa a quem precisa. A Esmola no sentido quaresmal é um ato de amor. É sofrer com. É assumir  o outro como seu irmão, seu semelhante. Somente dá Esmola, nesse sentido que eu disse, quem é bom. Em poucas palavras, dá Esmola quem vê no rosto do que precisa o semblante de Cristo.

De Roma,

p. Camilo

PIOR É QUE A GENTE PERGUNTA ASSIM MESMO…

fevereiro 23, 2010

 1. Quando te vêem deitado, de olhos fechados, na sua cama, com a luz apagada e  te perguntam:

 – Você tá dormindo?

 – Não, to treinando pra morrer!

 

 2. Quando a gente leva um aparelho eletrônico para a manutenção e o técnico  pergunta:

 – Ta com defeito?

 – Não, é que ele estava cansado de ficar em casa e eu o trouxe para passear.

 3. Quando está chovendo e percebem que você vai encarar a chuva, perguntam:

 – Vai sair nessa chuva?

 – Não, vou sair na próxima.

 4. Quando você acaba de levantar, aí vem um idiota (sempre) e pergunta: 

– Acordou?

 – Não. Sou sonâmbulo!

 5. Seu amigo liga para sua casa e pergunta:

 – Onde você está?

 – No Pólo Norte! Um furacão levou a minha casa pra lá!

 6. Você acaba de tomar banho e alguém pergunta:

 – Você tomou banho?

 – Não, mergulhei no vaso sanitário!

 7. Você tá na frente do elevador da garagem do seu prédio e chega um que pergunta:

 – Vai subir?

 – Não, não, to esperando meu apartamento descer pra me pegar.

 8. O homem chega à casa da namorada com um enorme buquê de flores. Até que ela diz:

– Flores?

 – Não! São cenouras.

 10. Você chega ao banco com um cheque e pede pra trocar:

 – Em dinheiro? ?

 – Não, me dá tudo em clipes!

Fonte: Eliane Gomes por email

Reflexão do Dia: As Pessoas têm sede de Deus

fevereiro 22, 2010

As pessoas têm sede de Deus e buscam alimentar suas almas com uma palavra seria e profunda. A Igreja Católica – a única Igreja fundada por Jesus Cristo – tem essa palavra e ainda oferece um tempo litúrgico (Quaresma) para que o crente possa viver na raiz, essa experiencia espiritual.

Através do Jejum, a Igreja convida os crentes a mortificar o orgulho, a indiferença a quem precisa de nós. O Jejum não é somente de comida, mas também de palavras, de televisão, de diversão, de cigarro e bebidas, etc. Temos que notar que a Quaresma não é apenas uma pratica ritual, mas é antes de tudo crescimento espiritual. O Jejum não é somente um costume, mas uma cura das inclinações desordenadas, dos descontroles, dos vícios e um aguçar da sensibilidade aos problemas dos outros, sobretudo dos pobres.

A Oração é um diálogo com Deus. Não è fazer como os protestantes que gritam, urram e enchem a paciência dos outros, pensando que Deus é surdo. Mas é ser sereno e recordar a Deus que você o ama e contar a historia da sua família a Ele. È fazer uma autocrítica diante de Deus. Por isso nossas Igrejas têm a Capela do Santíssimo. Lá, você tem a oportunidade de passar sua vida a limpo. Seja você mesmo o seu juiz.

O silencio quaresmal – através da abstinência da musica, da novela, da verborragia – fará você se sentir como uma arvore sem folhas e então será capaz de pensar a sua vida, seus sucessos e seus fracassos; você será capaz de lembrar os desaforos que você levou para casa e assim, será capaz de medir sua capacidade de perdão; você recordará dos desaforos que você contou a alguém e então terá a liberdade interior de ir atrás da pessoa e pedir perdão ou desculpas.

O silencio te ajuda a ser você mesmo. Musicas, rádio, televisão, bailes e diversões distraem nossa atenção sobre tantas coisas e não somos capazes de investir em nos mesmos. A Quaresma é este tempo de conhecer nossas raízes e, também, as raízes dos nossos males. É tempo de curar a nos mesmos. O Jejum e a Oração é para no nosso crescimento, para o nosso bem.

Com minhas bênçãos,

de Roma,

p. Camilo